baco exu
O músico baiano Baco Exu do Blues (FOTO: Reprodução)

Com a divulgação do álbum “BLVESMAN”, eleito o melhor álbum nacional de 2018 pela Revista Rolling Stones, o rapper baiano Baco Exu do Blues lançou também, um curta metragem do projeto, contando detalhes das histórias por trás das letras do disco.

O curta, que foi produzido pela Stink Films, e dirigido por Douglas Ratzlaff Bernardt, acabou recebendo o prêmio Grand Prix da Cannes Lion, na categoria de entretenimento para música (sendo um dos mais importante dentro do mercado publicitário). O filme concorria com o clipe de “Apeshit”, gravado no Museu do Louvre, da Beyoncé e JAY-Z, no álbum conjunto do casal, Everything Is Love.

VEJA TAMBÉM: Ludmilla lança clipe surpresa sobre empoderamento feminino

Após publicar que BLVESMAN teria ganhado o prêmio, o cantor baiano compartilhou um vídeo falando sobre.”É muito louco ver o rap nacional chegando num lugar desse, é muito louco ver as coisas acontecendo, é muito doido saber que você estava ali entre as pessoas que você admira, com as mesmas músicas que é referência. Eu não sei explicar o que eu tô sentindo, é conquistar uma prêmio que eu nunca sonhei”, afirmou o rapper no vídeo.

Baco Exu do Blues também agradeceu a todos que fizeram o BLVESMAN ser o sucesso que foi, na legenda do vídeo: “Bluesman ganhou um Grand Prix em CANNES!!!! Tamo dividindo a primeira posição com o @childishgambino e disputamos com Jay Z e Beyonce e isso é maluquice demais nunca imaginei na vida! Obrigado @99nove_ @coalafestival@akqacasa @stinksp @dougbernardt@kelsonsucci e geral que fez parte desse processo obrigado por levar minha arte até lá o mundo é nosso ME DESCULPA JAY Z”.