“Medicina” ultrapassa audiência de outros clipes em espanhol de Anitta

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Passadas as primeiras 24 horas desde o lançamento de “Medicina”, a cantora Anitta já começa a colher os bons frutos com o novo trabalho.

O novo single da cantora alcançou o topo das músicas mais ouvidas do Spotify no Brasil sendo que apenas ontem (dia 20), no dia do lançamento a música foi reproduzida 928.757 vezes, registrando quase o dobro de reproduções de “Ao Vivo E A Cores”, música de Matheus & Kauan que conta com a participação de Anitta. Segundo o site Kworb, já são mais de 1,2 milhão de execuções do single no Spotify.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na manhã deste sábado (dia 21), “Medicina” também estava liderando a lista de músicas mais vendidas no iTunes de Portugal. O novo reggaeton de Anitta também conquistou entradas no iTunes do México (#80) e Espanha (#42).

No Spotify Global, a faixa quase chegou a entrar no Top 50 na primeira atualização do ranking logo após o lançamento. “Medicina” apareceu na 61ª colocação – a terceira melhor estreia do dia só ficando atrás de “Natural”, do Imagine Dragons (#48) e de “You Should See Me in a Crown”, da Billie Eilish (#52).

Já o clipe da canção fechou o primeiro dia no ar alcançando quase 10 milhões de views (9.950.456, de acordo com dados diretos do Youtube) e também em primeiro na lista de vídeos “Em Alta”. A audiência é superior aos primeiros dias dos clipes de “Paradinha” (6,4 milhões) e “Downtown” (4,6 milhões), singles em espanhol anteriores da cantora que tiveram estratégias de lançamento parecidas com “Medicina”. Este é o sexto single em espanhol na carreira da cantora.

Reggaeton, crianças e periferia: entenda todos os conceitos do novo clipe de Anitta

Anitta divulgou ao mundo nesta sexta (20/7), aquele que talvez seja o clipe mais grandioso de sua carreira. Gravado na Colômbia, Japão, Estados Unidos, África do Sul, Índia e Brasil, o clipe de “Medicina” mostra crianças de diversas nacionalidades por elas representarem simbolicamente “a pureza e a tolerância” segundo as palavras de Anitta. Este é o sexto single em espanhol na carreira da cantora. Confira mais algumas curiosidade que o Portal POPline divulgou sobre o clipe.

VEJA TAMBÉM: Confira os memes de “Medicina”, o novo single internacional de Anitta

O DIRETOR

Harold Jiménez, o diretor do vídeo é o mesmo por trás de alguns dos principais clipes de J. Balvin como “Ginza”, “Ay Vamos” e “Mi Gente” e inclusive “Machika” que conta com a participação da funkeira. Vale lembrar que nesta fase internacional de Anitta, a cantora vem destacando constantemente o valor de sua amizade com o colombiano J. Balvin o que pode ter contribuído para a parceria da brasileira com o diretor.

Anitta ao lado do diretor Harold Jiménez nas gravações do novo clipe (FOTO: Reprodução)

O BRASIL

Para simbolizar o povo brasileiro no clipe, Anitta optou por retratar uma comunidade indígena. Esta é a segunda vez que a cantora chama atenção mundial para uma causa genuinamente brasileira. Em “Is That For Me”, a artista optou por retratar o contexto da Floresta Amazônica.

(FOTO: Reprodução)

PERIFERIA

Apostando no reggaeton, a cantora decidiu retratar a periferia colombiana no novo clipe, da mesma maneira que fez com a favela carioca do Vidigal no clipe “Vai Malandra”. Assim como o funk, o reggaeton é um gênero musical mais estigmatizado na Colômbia. Anitta chegou a comparar as locações da Colômbia com os bairros de Rocha Miranda e Curicica no Rio de Janeiro. “Estou impressionada como a Colômbia parece o Brasil! Parecem o mesmo país. Está super parecendo o Rio. Estou no chão, me sentindo super em casa. Super igual”, disse a cantora durante as gravações.

FOTO: Reprodução

FUMAÇA

Outra característica marcante do vídeo é a fumaça colorida exalada com a qual Anitta brinca. Ela retrata a “medicina” (remédio em espanhol). “É uma forma de representar a poção que voa pelo ar e chega a cada país, mudando as crianças e os enchendo de alegria. Foi um trabalho fascinante poder capturar a energia de cada país”, explica o diretor.

(FOTO: Divulgação)

FIGURINO

Todos os adereços e peças utilizados em Anitta foram pensados para retratar o orgulho latino. “Quisemos trazer referências da mulher latina em todos os looks, mas não de uma forma tão óbvia. Optamos por algo mais urbano. Os tons são amarelo bem solar e lavanda intenso. Optamos também pela transparência que imprime bem a parte mais sexy da Anitta”, explicou o stylist André Philippe.

Já os figurinos das crianças são inspirados nas culturas de seu respectivo país. “Na cena da Anitta com as crianças, quisemos mostrar a diversidade da América Latina. Para o continente Africano, por exemplo, usamos um vermelho quente, que combina com o chão terroso. Para as crianças das tribos indígenas, usamos tons de verde, que são o match natural”, explicou a diretora de styling Carolina Serra.

(FOTO: Reprodução)

PRODUÇÃO

Todo o clipe foi gravado, editado e finalizado ao longo do mês de julho. Anitta gravou suas cenas na Colômbia no dia 2 e sua equipe seguiu para outros países ao longo do mês. O vídeo editado e finalizado só ficou pronto no dia 18, dois dias antes da estreia.

(FOTO: Reprodução Twitter)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio