Megan Thee Stallion
A rapper Megan Thee Stallion (FOTO: Reprodução)

Na noite desta quinta-feira (20), a rapper Megan Thee Stallion revelou através de uma live no Instagram que o rapper Tory Lanez é de fato a pessoa que atirou nela em Los Angeles. No dia 12 de julho, Tory chegou a ser preso por posse de armas – Megan e outras duas outras pessoas estavam no carro com ele no momento da apreensão, no entanto, o tiroteio ocorreu antes.

“Sim, este n—a Tory atirou em mim”, disse ela na transmissão. “Você atirou em mim e conseguiu que seu assessor e seu pessoal [conversassem] com esses blogs, mentindo e [falando] merda. Pare de mentir!”. Depois, ela disse que não assumiu para os policiais que Lanez era o atirador por causa da recente onda de violência policial contra negros. “Não contei nada à polícia porque não queria que nos envolvêssemos em mais problemas”, diz Megan Thee Stallion.

Nas últimas semanas, a rapper de 25 anos, tem revelado detalhes do acontecido em uma série de publicações nas redes sociais; na quinta-feira (20), ela compartilhou fotos de seu pé ferido no Instagram, mas excluiu algumas horas depois. Megan, Lanez, seu guarda-costas e uma mulher não revelada que, segundo a Variety, parece ser a amiga de Megan, Kelsey Nicole, foram a uma festa na mansão de Kylie Jenner em Hollywood no início daquela noite.

Foto: Instagram
Foto: Instagram

Os quatro foram abordados pela polícia após disparos terem sido ouvidos fora de uma outra casa. Embora relatórios iniciais afirmassem que Megan havia cortado os pés em vidros quebrados dentro do veículo, ela logo depois alegou que havia sido baleada, mas sem revelar o atirador. Tory Lanez, com quem Megan estava se relacionando, foi preso por porte de arma. Um vídeo de vigilância da rua onde aconteceu o incidente mostra Megan saindo mancando do SUV, deixando sangue no chão por onde pisava.

LEIA TAMBÉM: Fãs deduzem que Justin Bieber e Miley Cyrus podem estar fazendo parceria musical

Um representante do Departamento de Polícia de Los Angeles disse à Variety na noite desta quinta-feira que não houve nenhuma atualização na investigação do incidente, que começou em julho com base nas afirmações de Megan em uma publicação anterior no Instagram. “Em 24 de julho, nosso escritório solicitou uma investigação mais aprofundada antes de tomar uma decisão sobre a acusação de agressão criminosa com arma de fogo semiautomática e uso pessoal de arma de fogo, contra [Lanez]”, disse uma nota do procurador do distrito. O canadense Tory Lanez de 28 anos, não se manifestou sobre o assunto.