Membro da banda Alabama Shakes é preso por suposta tortura e abuso sexual infantil

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O baterista do Alabama Shakes, Steven William Johnson, foi preso no início desta semana por várias acusações de abuso infantil em Limestone County, Alabama, de acordo com o WHNT de Huntsville. Um Grande Júri indiciou-o sob a acusação de “tortura intencional, abuso intencional e espancamento cruel ou maltrato intencional de uma criança menor de 18 anos”. Seu processo segue marcado para 7 de abril de 2021.

Em março passado, Johnson se confessou culpado de uma violação de 2019 de uma ordem de proteção contra violência doméstica em março do ano passado, de acordo com o WHNT. Ele é um membro fundador do Alabama Shakes e tocou em Boys & Girls de 2012 e Sound & Color de 2015. O grupo entrou em um hiato em 2018 quando a vocalista Brittany Howard voltou seu foco para seu trabalho solo. A Pitchfork entrou em contato com os representantes do Alabama Shakes para comentar o assunto e não obteve resposta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alabama Shakes’ Steven William Johnson, February 2016 (Photo by Jeff Vespa/WireImage)


Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio