Membro do Backstreet Boys detalha triste encontro com Britney Spears

Publicado em 15/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

AJ McLean, do Backstreet Boys, concedeu uma entrevista e contou com detalhes uma história triste que viveu com Britney Spears. Em um bate-papo para o programa “Andy Cohen Live”, da rádio SiriusXM, ele disse que é vizinho da cantora, e com isso, acaba a encontrando quando vai à padaria. Porém, a última vez que este encontro aconteceu, ele ficou com o coração partido.

Entrei, ela estava lá, olhou direto para mim, e eu fiquei meio tipo ‘hey, sou eu, o AJ!’. E ela meio que tinha uma cara de vidro. Ela simplesmente não sabia quem estava lá. Depois ela se deu conta que era eu, nos abraçamos e conversamos por um breve momento. Pude ver que não era ela. Tipo, não estava olhando para a pessoa que eu conhecia há anos”, narrou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

AJ McLean confirmou que é totalmente a favor do movimento #FreeBritney: “Sou 100% do time de Britney. Eu sinto no meu coração que ela vai se libertar disso tudo, e espero que isso aconteça. Ela é um doce”, falou.

Membro do Backstreet Boy compara Britney Spears à princesa Diana

AJ McLean, do Backstreet Boy, comparou Britney Spears à Princesa Diana enquanto a batalha de Spears para encerrar sua tutela continua.

“Eu compararia o nível de insanidade de Britney com o que aconteceu com a princesa Diana”, McLean, 43, disse à co-apresentadora Cheryl Burke em seu podcast “Pretty Messed Up” no domingo . “É triste ver o que aconteceu nos últimos 13 anos.”

Desde a estreia do documentário “Framing Britney Spears” em fevereiro, houve novos apelos para que o público e os paparazzi se desculpassem com Spears, 39, pela maneira como a trataram durante seu colapso em meados dos anos 2000.

Muitas pessoas compararam a situação da cantora “Toxic” ao escrutínio que Diana enfrentou antes de morrer em um acidente de carro, em 1997, causado em parte por fotógrafos.

McLean explicou no domingo que ele conheceu Spears quando ela estava “morando no mesmo complexo de apartamentos que eu, quando ela estava fazendo ‘O Clube do Mickey Mouse”.

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

“Ela era a garota mais doce”, ele lembrou. “Eu posso falar por mim: eu tinha 14 anos quando os Backstreet Boys começaram. Como um jovem, menino ou menina, lançado neste negócio, isso faz sua cabeça girar.”

McLean disse que pessoalmente não concorda com a tutela de Britney Spears, que controlou quase todos os aspectos de sua vida por 13 anos – até a cor dos armários da cozinha – apesar de seu sucesso contínuo como artista.

“Eu só conheço um lado”, disse ele. “Não sei o que se passa na cabeça dos pais. Na minha opinião, acho que deveria ter terminado há um tempo ou, pelo menos, diminuído um pouco. Não parece justo. Espero que a [resolução] seja que essa pobre garota tenha sua vida de volta. Apenas para poder ir ao supermercado sozinha, ser capaz de fazer um exame físico se você estiver se sentindo doente. ”

O ícone da boy band concluiu: “No final do dia, a verdade virá à tona. Estou 100 milhões por cento no trem #FreeBritney porque concordo totalmente com ele. Todos nós devemos apenas orar por Britney Spears e também por sua família, porque, novamente, não consigo nem imaginar o que está passando pela mente de sua mãe e de seu pai. Quero fazer uma oração por todos eles. ”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio