Membro do BTS se abre sobre a falta de apoio dos pais no início da carreira

Suga também falou sobre saúde mental e sua música em entrevista

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os integrantes do BTS, RM, Jin, Suga, J-Hope, Jimin, V e Jungkook estampam a capa da Rolling Stone, uma das mais importantes revistas de música. Em entrevista ao veículo, os meninos relembraram o passado e compartilharam a sua expectativa para o futuro. Quando o grupo estreou, eles não faziam ideia do impacto que a sua música teria no mundo oito anos mais tarde.

A entrevista começou com discussões sobre o sucesso global do grupo e como ultrapassaram barreiras como a xenofobia para alcançá-lo. O grande hit “Dynamite” recebeu elogios de todos, desde fãs até ao presidente da Coreia do Sul, Moon Jae In.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

BTS é capa da Rolling Stone (FOTO: Reprodução)

Foram precisos anos de trabalho árduo para que o BTS conquistasse a aprovação dos críticos, da indústria musical, e mesmo de alguns membros da sua própria família. Suga disse à Rolling Stone que os seus pais não apoiaram o seu sonho e não compreenderam a sua música, no início.

“Eles não compreendiam o rap. É natural que eles fossem contra o que eu estava fazendo. Penso que isso me ajudou a trabalhar mais, porque havia algo que eu tinha que provar”.

VEJA MAIS: Pelados? Estrela do cinema revela ter nadado nua com Michael Jackson

Suga também falou sobre a sua relação pessoal com a saúde mental. O seu trabalho a solo como Agust D, assim como a sua canção “The Last”, aborda as suas próprias lutas com o TOC, fobia social e depressão. Ele acredita que as emoções negativas não devem ser escondidas.

“Agora estou confortável e me sinto bem. Mas esse tipo de emoções negativas vêm e vão. Para qualquer pessoa, estas emoções não são coisas que precisam de ser escondidas. Elas precisam de ser discutidas e precisamos expressá-las. Sejam quais forem as emoções que eu possa sentir, estou sempre pronto a expressá-las”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio