Freddie Mercury
O cantor zanzibense Farrokh Bulsara mais conhecido como Freddie Mercury (FOTO: Reprodução)

Bohemian Rhapsody, o filme que contou a história do Queen e do ícone mundial Freddie Mercury, foi um sucesso gigantesco de bilheteria. Mas, segundo Brian May, nem isso deve fazer com que tenha uma continuação do filme.

Brian revelou em uma entrevista para Rolling Stone, que a ideia foi considerada e, por relatar os últimos anos de Freddie Mercury em que foram gravados os discos The Miracle e Innuendo, o guitarrista considera que não seria algo “contagiante”, mesmo afirmando que há uma “ótima história” nesse contexto:

“Não pense que não pensamos nisso. Nós conversamos. Basicamente achamos que não, no momento. As coisas podem mudar, eu acho, mas acredito que seja bem difícil”.

“Eu acho que não seria uma coisa animadora de se fazer. Eu não estou dizendo que é impossível porque há uma ótima história ali, mas nós não achamos que essa é a história que nós queremos contar no momento”.

May também falou sobre a turnê do Queen junto de Adam Lambert, que teve de ser interrompida por conta da pandemia novo Coronavírus e deixou claro que estava se sentindo “na melhor condição”, dizendo que era “a maior turnê” da banda com 400 mil ingressos vendidos para as datas seguintes do “melhor show que já montamos”.

VEJA TAMBÉM: Ivete Sangalo e Whindersson Nunes lançam o divertido clipe de “Coisa Linda” gravado na quarentena

Mesmo com o mundo parado pelo COVID-19, Brian tem pensado em outras possibilidades para fazer com a história do Queen e, ainda que não exclui outro filme, acha que o grupo tem que “olhar para outros lugares”:

“Existem um milhão de coisas na nossa carreira que você não poderia mostrar no filme já que o filme teve que ser simplificado para ser assistível. Mas nós realmente não achamos que há outro filme ali. Esse é o resumo da história. Eu acho que nós temos que olhar para outros lugares. Existem outras ideias que nós tivemos, mas eu não acho que uma sequência vai acontecer. Mas nós olhamos bem seriamente para isso”.