O membro do Queen, Brian May, concedeu uma entrevista ao The London Times e revelou como está seu estado de saúde e como ficou: “próximo da morte“.

Em maio deste ano, o músico sofreu um ataque cardíaco. Durante o processo de recuperação, já em casa, May confessou como os problemas continuaram e ele precisou fazer uma cirurgia para colocar três stents nas artérias.

VEJA TAMBÉM: Música do Detonautas que critica Bolsonaro e esposa bomba em parada do Spotify

No entanto, depois do procedimento, o artista teve complicações devido aos medicamentos que estava tomando, que causaram uma explosão estomacal.

Durante o bate-papo, May afirmou: “O infarto era um símbolo de doença arterial. Mas eu não bebo, não fumo, não tenho colesterol alto e fazia exercícios durante o tour, então por que isso aconteceu? Pelo menos agora tenho um coração que está funcionando muito melhor do que antes“.

Ele continuou: “É uma longa escalada de volta. Tive complicações devido aos medicamentos que estou tomando, uma das [razões pelas] quais foi uma explosão estomacal que quase me matou“.

Entretanto, agora tudo está bem para o membro do Queen: “Estou extremamente grato por agora ter uma vida para levar novamente. Na verdade, eu estava muito perto da morte… Mas estou bem. Estou aqui. Estou pronto para detonar”.