Na segunda-feira (07), Josh Gad deu início à segunda temporada de sua série no YouTube “Reunited Apart”, desta vez reunindo o elenco e a equipe do clássico comédia “Wayne’s World”.

As estrelas Mike Myers e Dana Carvey apareceram, junto com a atriz Tia Carrere e convidados especiais, Alice Cooper, Steven Tyler e Joe Perry do Aerosmith, e Brian May do Queen.

Durante a conversa, May revelou que Myers deu a ele uma fita do filme para que ele pudesse mostrar ao falecido colega de banda Freddie Mercury a cena agora icônica de Myers e Carvey batendo cabeça e cantando “Bohemian Rhapsody” em seu carro. Mercury morreu pouco depois em 1991.

Eu o levei para Freddie pouco antes dele morrer”, relembrou May. “Ele adorou, ele riu e riu. Ele estava muito fraco, mas ele apenas sorriu e riu.

VEJA TAMBÉM: Simone, dupla de Simaria, revela detalhes sobre prisão: “Muito torturante”

May também compartilhou que, naquele momento, o Queen não era tão popular nos Estados Unidos como em outras partes do mundo, e que o uso da música no filme ajudou muito para banda estourar no país.

“Eu não sabia disso. Minha pequena cabeça de Toronto não aguenta isso. Mas isso é fantástico”, observou Myers.

Você nos trouxe de volta para um novo público americano, e Freddie estava muito ciente disso. Ele foi para outro lugar sabendo o que tinha acontecido.”, disse o membro do Queen.