beatles
A legendária banda britânica The Beatles (FOTO: Reprodução)

Segundo o Cheatsheet, o ex-Beatle, John Lennon não ficou abalado emocionalmente quando seu ídolo Brian Jones morreu. O músico chegou a falar que ele não era brilhante em nada.

Em uma entrevista de 1971 à Rolling Stone, Lennon disse que era bem próximo dos músicos dos Rolling StonesMick Jagger e Brian Jones.

LEIA TAMBÉM: A verdade sobre o último ano de vida de Elvis Presley

Passei muito tempo com Brian e Mick. Eu os admiro. Passei muito tempo com eles, e foi ótimo. Todos nós costumávamos andar por Londres em carros e nos encontrar e conversar sobre música“, disse.

John Lennon contou sobre a proximidade com Jones. Os dois costumavam ficar acordados dia e noite durante esse período que passaram juntos. Entretanto, os sentimentos do ex-Beatle mudaram quando o fundador dos Rolling Stones foi consumido pelos problemas pessoais.

Bem, ele foi diferente ao longo dos anos se comparado ao momento em que ele se desintegrou. Ele acabou sendo o tipo de cara que você teme quando ele liga ao telefone, porque você sabia que era problema. Ele estava com muita dor. Ele não era brilhante nem nada, era apenas um cara legal“, explicou. 

Segundo publicado pelo AllMusicJones morreu em 1969 ao se afogar na própria piscina. A morte pode ter sido um acidente por conta do excesso de uso de drogas. Ao ser questionado sobre o falecimento do amigo, John Lennon respondeu: “Até então, eu não senti nada.”