Mesmo morto, Michael Jackson “ajudará” na compra de vacinas contra Covid

Publicado em 22/09/2021 16:23
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo depois de mais de 11 anos da morte de Michael Jackson, o eterno Rei do Pop ajudará em uma causa nobre, na compra de vacinas contra a Covid-19. Quase US$ 27 milhões apreendidos do vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodorin Nguema Obiang Mangue, serão gastos em compras de vacinas contra a Covid-19 para o país, segundo o Departamento de Justiça dos Estados Unidos em um comunicado na segunda-feira (20). Os bens confiscados incluem veículos de luxo e um par de luvas revestidas de joias usadas por Michael Jackson. Revestida de brilhantes e usada em uma das aparições públicas do cantor Michael Jackson, será um dos itens à venda. As informações são da CNN Brasil.

Estimada em 275 mil dólares, a peça rara já chegou a ser arrematada por 350 mil dólares em novembro de 2009.  A decisão vem após um acordo de confisco de 2014 entre os EUA e o vice-presidente, que é acusado de adquirir ativos no país com ganhos ilícitos. Obiang, de 53 anos, tem sido o centro das atenções em uma repressão global à corrupção e à lavagem de dinheiro com foco na fonte de sua enorme riqueza.⁣

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O restante será repassado para uma instituição de caridade com sede nos Estados Unidos “para a compra e distribuição de remédios e suprimentos médicos em toda a Guiné Equatorial”, disse o juiz departamento de Justiça. O vice-presidente da Guiné Equatorial fez um acordo com o governo dos Estados Unidos. “[Ele] foi obrigado a vender uma mansão em Malibu, Califórnia, que ele comprou por US$ 30 milhões, um automóvel Ferrari e vários itens de colecionador de Michael Jackson, e a contribuir com US$ 1 milhão representando o valor de outra propriedade”, disse o comunicado do departamento.

O acordo também autorizou os EUA a manter US$ 10,3 milhões (R$ 53 milhões) dos rendimentos confiscados. O restante dos fundos será gasto em programas que beneficiam o povo da Guiné Equatorial.

Drake é tão grande quanto Michael Jackson? Billboard acende debate na web

Drake fez história com o lançamento do álbum “Certified Lover Boy” e conseguiu ultrapassar marcas de artistas como Michael Jackson e Beatles. Com isso, a Billboard decidiu levantar uma questão: o rapper é tão grande quanto o Rei do Pop?

Alimentando a discussão, o site Rap Basement listou algumas conquistas recentes de Drake. Para começar, ao emplacar 9 músicas no Top 10 da Hot 100, na semana passada, ele quebrou o recorde de Jackson de sete músicas entre as 10 primeiras – marca que o cantor alcançou com o lançamento de “Thriller”, em 1982.

Drake também supera Michael em outras categorias: enquanto o canadense ostenta 10 álbuns em #1, Jackson tem ‘apenas’ 6. O rapper já levou 54 músicas ao Top 10 contra 30 de Jackson.

Drake também é dono do recorde de mais semanas consecutivas no Hot 100 (431 semanas) e o recorde de mais entradas no Hot 100 na história (258 músicas).

Michael Jackson, por sua vez, ainda tem o maior número de singles consecutivos em #1, com 5 músicas, enquanto Drake tem apenas 2. Sem falar que “Thriller” é o álbum mais vendido na história, movimentando mais de 100 milhões de cópias em todo o mundo.

Vale ressaltar também que Drake se beneficiou com a era do streaming. No auge de Michael Jackson, a única maneira de consumir músicas ou álbuns era comprar uma cópia física do disco – o que torna as vendas de ” Thriller” ainda mais impressionantes.

Em seu perfil no Twitter, a Billboard questionou: Drake é tão grande quanto Michael Jackson e os fãs imediatamente iniciaram uma discussão. O post também pergunta se o rapper tem “mais hits do que os Beatles?”

Drake deverá barrar topo de Lil Nas X na Billboard 200

Drake deve barrar estreia de “MONTERO”, disco de estreia de Lil Nas X no topo da Billboard 200, a principal parada de álbuns dos Estados Unidos.

De acordo com previsões iniciais do site Hits Daily Double,MONTERO” deverá fechar sua primeira semana com um número entre 130 mil e 140 mil unidades equivalentes vendidas.

O número, segundo o site, não é suficiente para bater  “Certified Lover Boy”, de Drake, que pode se manter na liderança pela 3ª semana consecutiva.

Como de praxe, a Billboard deve liberar o resultado da semana no próximo domingo, dia 26 de setembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio