Michael Jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução)

O canal HBO decidiu seguir a frente com a exibição do delicado documentário “Leaving Neverland”, mesmo com as reclamações da família de Michael Jackson.

O documentário traz entrevistas com James Safechuck e Wade Robson, que afirmam terem sido molestados por Michael quando ainda eram crianças. A sinopse do documentário afirma: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

VEJA TAMBÉM: 5 momentos chocantes do documentário sobre a suposta pedofilia de Michael Jackson

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Michael foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles no ano de 2017. Leaving Neverland será exibido em duas partes no canal HBO, nos dias 3 e 4 de março.

“Michael sempre deu o outro lado do rosto, e nós sempre demos o outro lado do rosto quando as pessoas vêm atrás de membros de nossa família – esse é o jeito Jackson. Mas nós não podemos simplesmente assistir enquanto esse linchamento público continua…”, explicou a família do cantor num comunicado público.

VEJA TAMBÉM: Capa da biografia de Anitta exibe o bumbum da cantora

“Michael não está aqui para se defender, do contrário essas alegações não teriam sido feitas”, acrescentou o comunicado. O mensagem feita pela família de Michael considera as supostas vítimas do cantor como “mentirosas” e conclui: “Nós somos orgulhosos no que Michael Jackson representa.”