Ryan White foi um jovem que conviveu com a AIDS durante toda sua vida, até sua morte aos 18 anos. Sabendo da condição do filho, a mãe de Ryan informou a diretoria da escola para que todos cuidados fossem tomados.

Porém, o que aconteceu foi inesperado: a criança foi IMPEDIDA de voltar às aulas pelo conselho da escola. Um abaixo-assinado com 50 funcionários e 117 familiares de alunos pedindo a expulsão do jovem foi feito e acatado.

Mas onde Michael Jackson e Elton John entram nesta revoltando história? Bom, Elton John ajudou a família a conseguiur uma moradia nova, a partir do momento que se tornou insustentável continuar morando na mesma casa após diversos ataques.

VEJA TAMBÉM: Amigo de Britney Spears compara vida da cantora ao ‘Conto da Aia’ e revela detalhes sobre tutela

O astro doou uma quantia de U$15,5 mil. Enquanto isso, Michael Jackson também abriu o coração (e a carteira) e doou um Ford Mustang conversível para que Ryan pudesse ir à nova escola.

Quando o garoto morreu, em 1990, os músicos foram ao velório prestar as solidarizações à família. Elton chegou a cantar ‘Skyline Pigeon’ na cerimônia.

Pouco antes de morrer, enquanto estava no hospital, o sistema telefônico da clinica ficou congestionado com chamadas desejando melhoras.

FOTO: Reprodução