Michael Jackson e Madonna já namoraram? Entenda!

Há muitos rumores sobre o relacionamento entre os artistas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 1980, com a ascensão da música pop, duas figuras se destacaram pela qualidade de seus projetos e suas personalidades únicas. Estamos falando de Michael Jackson e Madonna, o Rei e a Rainha do Pop. Os dois tinham admiração mútua pelos trabalhos musicais, mas a relação entre eles foi marcada por altos e baixos.

Eles se conheceram no início da década de 80. Na época, Michael ainda realizava turnês com os irmãos e, ao mesmo tempo, divulgada o álbum solo Thriller. Eles começaram uma amizade que continuaria nas décadas seguintes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Parceria descartada?

Em 1985, Madonna chamou a atenção de Michael ao fazer um cover de Billie Jean em um show. O músico deixou em aberto uma parceria no futuro.

Em 1991, quando trabalhava no álbum Dangerous, Michael reabriu a possibilidade de colaborar com Madonna na faixa ‘In The Closet’, que fala sobre um relacionamento oculto.

(FOTO: Reprodução)

VEJA MAIS: Segundo Billboard, Madonna e Michael Jackson são os maiores artistas do audiovisual na história

O cantor sugeriu que a loira tivesse liberdade criativa para ideias na letra e divulgação. No entanto, ele cancelou a parceria quando Madonna passou a defender a ideia de que Michael deveria se vestir de mulher no clipe.

No lugar dela, Jackson colocou a Princesa Stéphanie de Mônaco para os backing vocals e chamou a modelo Naomi Campbell para o clipe.

Mas eles não se afastaram

Mesmo assim, também em 1991, os dois astros ainda seriam vistos em situações íntimas.

O músico acompanhou Madonna na premiação do Oscar, se encontrou com ela no aniversário de David Geffen, dono da Geffen Records, e ainda foram flagrados saindo de um restaurante.

Em 2016, a cantora explicou como foram as noites que passou com Michael e revelou que o beijou, mas teve que insistir muito: “Ele era muito tímido. Eu consegui fazê-lo relaxar depois de uma taça de champanhe“, disse em uma entrevista ao apresentador James Corden.

Madonna defendia Michael Jackson

Anos após a desaproximação do possível casal, Madonna defendeu Michael em diversas entrevistas, principalmente contra as alegações de abuso sexual infantil.

Em duas ocasiões, uma em 2003 e outra em 2018, a cantora afirmou que confiava na índole do cantor e que tudo não passava de boatos maldosos.

Um dos comentários partiu de Mark Lester, ex-frequentador da Neverland e ex-ator mirim, que era amigo de Michael Jackson na época dos encontros com Madonna. De acordo com ele, o cantor se traumatizou com as relações femininas quando Madonna o surpreendeu nua na cama: “Quando ele entrou no quarto, ela estava completamente pelada em sua cama. Quando viu, ele gritou e saiu correndo.”

Além disso, um dos principais rumores sobre a relação dos dois astros é que Paris, filha do Rei do Pop, seria filha da Madonna. Desde a infância, a menina apresenta diversas semelhanças físicas com a Rainha do Pop. No entanto, não se sabe se o relacionamento ultrapassou os beijos roubados.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio