Michael Jackson quase deu seus próprios filhos para Diana Ross

O cantor deixou a guarda dos filhos para a cantora em testamento

Publicado em 5/21/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michael Jackson era praticamente ‘obcecado’ por Diana Ross, e até deixou “os filhos para ela no testamento”, conforme informa o Express. O cantor conheceu a artista quando ainda estava no Jackson 5.

J. Randy Taraborrelli, biógrafo e amigo próximo do cantor, escreveu no livro Call her Miss Ross (1989), sobre o primeiro encontro de Michael e Diana. “Eu era mais velho. Ele me idolatrava e queria cantar como eu”, a cantora revelou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Diana e Michael (FOTO: Reprodução)

Na autobiografia do músico, Moonwalk, de 1988, Michael explicou como Diana era: “minha mãe, minha amante e minha irmã, tudo em um”, disse.

E segundo Taraborrelli, os artistas não tiveram nenhuma relação sexual, mas ele ainda conta que o cantor “ficou de coração partido” quando Diana se casou novamente em 1986, e como O Rei do Pop chegou a ‘boicotar’ o casamento.

VEJA MAIS: Site expõe dossiê sobre supostas traições de Nego do Borel; confira!

Apesar dos ciúmes, os músicos continuaram como amigos íntimos até a morte de Michael 25 de junho de 2009. E pouco depois da morte do cantor, foi revelado que ele nomeou Diana Ross como a guardiã de seus filhos, caso ele e a mãe, Katherine Jackson, morressem. O testamento do astro foi redigido em 2002.

A advogada da família dos Jackson, Stacy Phillips, explicou o motivo pelo qual a cantora foi nomeada guardiã dos filhos de Michael. “Criar filhos era o papel mais importante para Michael Jackson. Colocar Diana como substituta da mãe, não existe nenhuma honra maior”, disse.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio