Miley Cyrus diz qual a primeira coisa que fará após quarentena

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora
Miley Cyrus revelou em uma entrevista ao WSJ que mal pode esperar para se
reconectar com seus familiares, uma vez que, passa a quarentena isolada.

A estrela
pop afirmou para a revista que está sentindo os efeitos da pandemia global de
coronavírus, mas que ela está se voltando para a tecnologia, que tem a ajudado
passar o tempo durante o período de quarentena.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A
primeira coisa que quero fazer é definitivamente abraçar minha mãe e meu pai
quando receber a luz verde de que é seguro”, disse ela à publicação.
“No momento, minha mãe não chegará nem perto de mim.”

Cyrus, cuja
casa em Malibu foi incendiada no incêndio de Woolsey em 2018, disse que ela
estava em Calabasas, na Califórnia, e complementou que, ela está muito ansiosa
para ver sua avó.

“Minha avó
dirige meu fã-clube. Ela é minha maior fã e não tem Instagram, então não
assistiu ao programa. Vou ter que colocar isso em VHS para ela. Mas ela é tudo
para mim. Ela vive na terceira idade, então não podemos visitá-la. É o maior
tempo que passo sem ver minha mãe ou minha avó”, relatando sobre sua avó
não ter assistido seu talkshow no Instagram.

Cyrus disse
que o bate-papo por vídeo com sua família foi muito importante para ajudá-la a
lidar com a distância física e disse que ela e sua mãe, Tish Cyrus, que também
é sua manager, passam literalmente o dia todo no FaceTime.

“Eu amo que ela não tenha nada para fazer; então ela tem que apenas sentar comigo a todo momento, o que é como nos bons e velhos tempos!”. Miley acrescentou que esse não era o mesmo caso com seu pai, o ator e cantor country Billy Ray Cyrus. Ela disse que ele está preso na idade das trevas da tecnologia desde antes do surto do vírus.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

“Meu
pai tinha dois BlackBerrys: ele disse que dois BlackBerrys são iguais a um
iPhone, o que não é verdade”, disse Cyrus sobre o pai vencedor do Grammy.
“Por isso, enviamos ao meu pai um iPhone que já estava configurado e que
possui apenas um botão, o FaceTime, na tela inicial.”

Mesmo que
seu programa esteja atualmente em hiato, a artista de “Wrecking Ball”
disse que sente falta de se conectar com as pessoas e acrescentou que está
ansiosa para construir relacionamentos com pessoas de histórias diferentes.

“Adoro me
conectar com as pessoas. Há algo sobre quando você ouve as histórias de outras
pessoas que você percebe todas essas partes de si mesmo também. Eu acho que é
isso que eu perdi na minha vida, esses relacionamentos “, comentou.
“Também adoro o entretenimento e incentivar as pessoas a celebrar sua
singularidade. Muito do que eu representei em toda a minha carreira, a
individualidade, identidade de gênero e identidade sexual”, continuou Cyrus.

“Então,
sim, eu adoraria criar uma plataforma onde a individualidade seja destacada e
um lugar para boas notícias, luz, ativismo e otimismo, e destaque as pessoas
que fazem um trabalho realmente grande, que nem sempre recebe a atenção que é
merecida”, acrescentou Miley Cyrus. “Acho que há um mundo onde eu
poderia fazer tudo e ter tudo”, finalizou a popstar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio