Miley Cyrus
A cantor Miley Cyrus (FOTO: Reprodução)

 Miley Cyrus foi um dos destaques do VMA deste ano. Ela apresentou seu novo single, Midnight Sky. A musa aproveitou e usou o espaço para homenagear o clipe de Wrecking Ball, de 2013, vencedor na categoria de Melhor Clipe.

Entretanto, parece que nem tudo é glamour! A cantora diz ter sofrido machismo ao planejar sua apresentação deste ano. Em entrevista ao podcast de Joe Rogan, Miley se abriu sobre os comentários machistas que ouviu de um dos diretores.

Miley Cyrus durante apresentação no VMA 2020
Miley Cyrus durante apresentação no VMA 2020 – (FOTO: Youtube)

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

Miley Cyrus pediu para que tirasse a beauty light (luz da beleza), um recurso sempre usado com mulheres, e pediu para ser tratada como os artistas masculinos. “Você nunca diria pra Travis Scott ou Adam Levine que eles não podem desligar a beauty light”, reclamou Miley com a produção.

Por sua vez, o diretor da premiação a criticou por isso: “Você quer ser tratada como um cara, mas se você fosse homem não estaríamos lidando com esse tipo de problema”, disse. Durante o bate-papo, a cantora classificou o episódio como “ridículo e constrangedor”.