Miley Cyrus relembra “epifania” que teve durante Lollapalooza

Publicado em 23/10/2021 16:22
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Miley Cyrus relembrou como ela experimentou uma “epifania” durante um de seus shows no festival Lollapalooza. A intérprete de Wrecking Ball fez uma aparição no popular evento realizado no Grant Park em Chicago em julho, e durante seu show, apresentou uma mistura de faixas novas e antigas.

Refletindo sobre o show durante uma conversa com o artista de música country Mickey Guyton para a Rolling Stone, Miley insistiu que a emoção de se apresentar na frente de uma multidão tão grande deu a ela um grande impulso de confiança.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Artistas em estágios diferentes de suas carreiras vão, ‘Você ainda sofre bullying?’ Mas ainda há um * shole caras. Depois (eu toquei) Lollapalooza, eu tive uma epifania”, afirmou ela. “Acho que não estar na frente de 200.000 pessoas por um ano e meio e depois ver de novo, percebi meu impacto e meu poder. É como se você não soubesse o que tinha até que isso fosse embora. E eu tinha esquecido quem eu era.”

Miley continuou observando que, embora tenha uma personalidade pública muito confiante, ela tem suas inseguranças como qualquer outra pessoa. E ela revelou que o único cenário em que deseja mostrar seu lado vulnerável é em um relacionamento amoroso.

“Ainda há dias após 15 anos fazendo isso que eu coloco minha cabeça no travesseiro à noite e penso, ‘O quê, eu aceitei isso?’ Eu me defendi outro dia em uma sessão que estava indo mal e me senti como um bilhão de dólares. Eu não me coloco mais em posições vulneráveis​”, continuou a jovem de 28 anos. “O máximo que vou me colocar em uma posição vulnerável é me permitir me apaixonar, porque isso vem com dor, e vale a pena. Mas a outra merda não é.”

Miley Cyrus posa de topless para a revista Interview

Miley Cyrus foi entrevistada por Lars Ulrich, do Metallica, para a nova edição da Interview Magazine. Os músicos conversaram sobre o significa ser uma estrela do rock, se apresentar em festivais durante a pandemia e muito mais.

A cantora fez uma sessão de fotos bem ousada para a revista, na qual posa de topless e aparece de calcinha em diversos cliques.

Brianna Capozzi/Interview Magazine

Na entrevista, Cyrus comparou seu retorno ao palco com Marilyn Monroe se apresentando para milhares de soldados americanos na Coreia em 1954.

“Eu não conseguia parar de pensar naquela imagem icônica dela, trazendo esperança às pessoas na forma de sexualidade, sagacidade, beleza e alegria. Mas, ao mesmo tempo, ela foi capaz de oferecer isso porque estava muito isolada da experiência que os soldados estavam vivendo. Ela era uma lufada de ar fresco porque ela não tinha a mesma escuridão, dor e morte tomando conta de sua aura”, disse Cyrus a Ulrich.

“Mas, neste caso, todos nós fomos soldados, à nossa maneira”, acrescentou ela.

Confira alguns cliques do ensaio:

Brianna Capozzi/Interview Magazine
Brianna Capozzi/Interview Magazine
Brianna Capozzi/Interview Magazine

Miley Cyrus divulga show com covers de Janis Joplin e Pixies

Miley Cyrus fez a alegria dos fãs ao disponibilizar na íntegra o seu show no Austin City Limits Festival, no Texas. Em 1º de outubro, a cantora se apresentou como uma das headliners do evento.

Para assistir ao show, basta acessar o novo site da artista, o Miley World, se registrar e esperar por um e-mail com uma senha.

A apresentação conta com diversos hits da carreira de Cyrus, como “The Climb“ e “7 things”, e a cantora também fez questão de incluir alguns covers no setlist.

Anteriormente, Miley já havia disponibilizado o cover de “Maybe”, de Janis Joplin, em seu canal do YouTube. Confira:

Além disso, vídeos que circulam nas redes sociais mostram a cantora fazendo um mashup de seu hit “We Can’t Stop” com “Where is my mind?“, da banda Pixies.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio