O jogador santista Neymar (FOTO: reprodução)

Um dos assuntos mais comentados na última semana, ganhou novos detalhes nas últimas horas. Internautas descobriram que a modelo Najila Trindade Mendes de Souza, que acusa o jogador de futebol Neymar de cometer estupro, já protagonizou o clipe da canção “Fogo Cruzado”, do cantor de pagode romântico Zula.

De acordo com informações do jornal “Extra”, o vídeo da música enviada para o YouTube no dia 3 de agosto de 2017 tinha 6 mil visualizações e depois da denúncia, o clipe já contabiliza mais de 1 milhão de visualizações. Assista abaixo:

Os usuários das redes sociais encontraram o vídeo depois que o apresentador Datena divulgou o nome da jovem na segunda-feira, (dia 3). Nas buscas, o vídeo era uma das raras referências que se tinha da jovem.

VEJA TAMBÉM: Memes das cantadas de Neymar viram música; ouça o Funk do Neymar

Numa entrevista ao “Extra”, os produtores de Zula contam que estão tentando aproveitar a divulgação mesmo com a gravidade do tema: “A gente está tentando aproveitar da melhor forma. Mas sem polemizar sobre o assunto e sem julgamentos. A gente não vai fugir da nossa ética apenas para aparecer”, disse um dos sócios do projeto musical, Diogo Zefhera.

Outro detalhe é que a Record TV também noticiou que o ator que contracena com Najila no clipe se chama Estivens Alves e já foi casado com a modelo.