Moraes Moreira morre aos 72 anos, no Rio de Janeiro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor e compositor baiano Moraes Moreira faleceu na madrugada desta segunda-feira (dia 13) aos 72 anos no Rio de Janeiro. De acordo com a assessoria de imprensa do músico, ele teve um infarto agudo do miocárdio e morreu às 6h. “A gente não sabe direito o que ocorreu. Nem eu, nem as irmãs sabemos”, afirmou Eduardo Moraes, irmão do cantor. O corpo de Moraes Moreira foi achado nesta manhã no apartamento onde o músico vivia sozinho, de acordo com o irmão.

O músico que na verdade se chamava Antonio Carlos Moreira Pires nasceu em Ituaçu, no interior da Bahia,, em 8 de julho de 1947. Moraes Moreira iniciou a carreira tocando sanfona de doze baixos em festas de São João e outros eventos na cidade. Na adolescência acabou aprendendo a tocar violão, enquanto fazia curso de ciências em Caculé, na região sudoeste da Bahia, no ano de 1967.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aos 19, Moraes Moreira decidiu mudar para Salvador, onde começou a estudar no Seminário de Música da Universidade Federal da Bahia. Lá, o artista conheceu seus futuros amigos dos Novos Baianos, Luiz Galvão e Paulinho Boca de Cantor, além de Tom Zé.

No ano de 1968, os jovens criaram o espetáculo que acabou dando origem aos Novos Baianos, Desembarque dos Bichos após o Dilúvio Universal. O grupo já contava também com a participação de Baby do Brasil (Baby Consuelo, na época) na voz e o guitarrista Pepeu Gomes quando chegou a participar do popular Festival televisivo da Música Popular Brasileira em 1969, participando da competição com a faixa “De Vera”, de Moreira e Galvão.

VEJA TAMBÉM: Mansão milionária de Beth Carvalho estaria abandonada após morte da cantora

Já em 1970, o grupo divulgou seu disco de estreia, “Ferro na boneca”. Porém foi no ano de 1972 que eles lançaram o aclamado álbum, “Acabou chorare”, que consagrou os Novos Baianos. O trabalho conseguia flertar com as mais variadas sonoridades misturando samba, rock, bossa nova, frevo, choro e baião.

Moraes Moreira permaneceu no grupo de 1969 até 1975, quando decidiu sair em carreira solo. Ao todo, o músico já lançou mais de 60 discos incluindo seus trabalhos na carreira solo e nos grupos Novos Baianos, Trio Elétrico Dodô e Osmar, além da parceria com o guitarrista Pepeu Gomes.

HISTÓRIA DO NOVOS BAIANOS

O documentário “Novos Baianos Futebol Clube” traz um dos retratos mais íntimos da banda de Moreira. O filme foi produzido em 1973 por uma emissora alemã, com a direção e roteiro de Solano Ribeiro. A trilha do documentário foi retirada dos álbuns Acabou Chorare (um dos discos musicais de maior sucesso da época), e Novos Baianos FC. O longa-metragem aborda a fase da saída do grupo da gravadora Som Livre.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio