Andrés Terrones (FOTO: Divulgação)

Andrés Terrones , um dos fundadores da Sonora Santanera, morreu aos 86 anos. O artista era o último fundador vivo do grupo original. A morte do cantor foi anunciada nas redes sociais pelo grupo.

Nota de falecimento diz: “Hoje com profunda dor informamos que o senhor Andrés Terrones Martínez, o último dos fundadores vivos de La Sonora Santanera de Carlos Colorado, faleceu depois de mais de sete décadas compartilhando conosco todo seu talento e amor pela música.”

Acrescentou: “A lenda da canção romântica, membro fundador desta grande instituição e braço direito de Carlos Colorado Vera, hoje despede-se de nós mas deixa-nos sucessos como Luces de Nueva York, que com a sua voz indelével nos permitirá viver para sempre em nossos corações.”

Grupo La Sonora Santanera (FOTO: Divulgação)

O último dos fundadores da mais tradicional Sonora no México foi quem lhe deu um dos grandes sucessos do grupo “Luces de Nueva York” , uma peça que foi composta pelo porto-riquenho Roberto “Tito” Mendoza que tocou trompete na prestigiosa Sonora Matancera .

LEIA TAMBÉM: Com carreira internacional crescendo, Anitta manda recado pros haters: “Tô plena”

O chamado “Chaparrito de Oro” foi uma parte importante do grupo formado por Carlos Colorado, Juan Bustos e Silvestre Mercado , em 1955 e que anos depois se juntou ao grupo José Bustos .

A cantora María Fernanda Alvo Díaz lamentou a morte do artista e o descreveu como um homem bom e sorridente. “Sempre o lembraremos com aquela força, com aquele amor pela música da Sonora Santanera, com aquele bom humor e com aquela sabedoria, Don Andrés não morreu, ele permanece para sempre no coração de todos nós que tivemos a felicidade de conhecê-lo e viver com ele. Tenho certeza que seu grande amigo Carlos Colorado te recebeu de braços abertos”, escreveu a cantora. 

O grupo Sonora Santanera foi fundado em 1955 por Carlos Colorado, David Quiroz, Josué Ramos, Ernesto Domínguez, Juan Bustos, Silvestre Mercado e Andrés Terrones, o último membro fundador do grupo que estava vivo.