(FOTO: Reprodução)

O cantor e compositor Justin Townes Earle, filho do músico Steve Earle, três vezes vencedor do Grammy, morreu aos 38 anos na noite do último domingo (23), de causas não reveladas. O anúncio foi feito através de um comunicado em sua página no Facebook.

É com grande tristeza que informamos a vocês a morte de nosso filho, marido, pai e amigo Justin. Muitos de vocês contaram com suas músicas ao longo dos anos e esperamos que essas músicas continuem a guiar suas jornadas. Sentiremos muito a sua falta, Justin“, disse o comunicado.

O cantor e compositor Justin Townes Earle (FOTO: Reprodução)

Filho do cantor Steve Earle, Justin nasceu em Nashville e se destacou em 2007 após o lançamento de seu EP “Yuma”. O artista lançou oito álbuns ao longo da carreira. Seu disco mais recente, “The Saint of Lost Causes”, foi lançado em 2019. O músico deixa sua esposa, Jenn Marie Maynard-Earle, e a filha de três anos, Etta St. James Earle.

LEIA TAMBÉM: Cantor morre no próprio carro após ser esfaqueado durante discussão

Assim como seu pai, Justin Townes Earle lutou contra o vício em drogas e álcool durante sua carreira. Mas, como disse ao No Depression em 2017: “Eu me sinto muito mais confortável na vida – tenho uma esposa maravilhosa e não tenho [mais] os mesmos problemas“.

O cantor e compositor Steve Earle (FOTO: Reprodução)

Não estou olhando para dentro o tempo todo constantemente. Tenho que prestar mais atenção ao que está acontecendo ao meu redor, porque com uma esposa, sou responsável pelos sentimentos de outra pessoa. E estou prestes a ser responsável pela vida de outra pessoa. Como cantor / compositor, você tende a se habituar um pouco demais. E eu sinto que estou começando a ficar menos na minha cabeça como pessoa e também como escritor“, completou na época.

De acordo com o portal Daily Mail, Justin luta contra o vício que começou desde aos 12 anos. Ele completou nove tratamentos na reabilitação após sobreviver a cinco overdoses de heroína aos 21 anos. “A primeira vez que usei heroína, todos os problemas que eu tinha simplesmente não importavam“, disse o músico ao The Scotsman em 2015. “Não é que eles foram embora, eles simplesmente não importavam mais. E depois disso foi só perseguir aquele sentimento maldito que nunca mais tive. Havia uma grande ferida dentro de mim e, em vez de fazer qualquer coisa a respeito, continuei cutucando e nunca cicatrizou por causa disso“.

It is with tremendous sadness that we inform you of the passing of our son, husband, father and friend Justin. So many…

Posted by Justin Townes Earle on Sunday, August 23, 2020