O rapper ucraniano Andy Cartwright. (Foto: Resultado)

O rapper ucraniano Andy Cartwright foi encontrado pela polícia em seu apartamento em São Petersburgo, na Rússia, com o corpo desmembrado. Marine Kukhal, a mulher do artista, é suspeita de cortar e separar o corpo do homem de 30 anos em partes, além de limpar seus órgãos em uma máquina de lavar. Que horror!

De acordo com a publicação, Marine teria dito à polícia que Cartwright morreu por overdose e ela não queria que os admiradores do rapper soubessem do motivo da morte, então decidiu esconder as partes do corpo dele e fingir que ele havia sumido.

Conforme a polícia local, a mulher de 36 anos usou faca, martelo, serra e uma tábua para cortar o corpo, e depois passou as partes separadas no sal. Os restos mortais de Cartwright ficaram mantidos no mesmo apartamento que vive o filho do casal, de apenas dois anos de idade.

LEIA TAMBÉM: Evandro Mesquita diz que descobriu sintomas de Covid-19 no BBB20: “Apavorado”

Segundo a agência de notícias BAZA, Kukhal teria usado a máquina de lavar do apartamento para limpar os órgãos internos do marido. A informação foi negada pelo advogado da mulher.

Os investigadores encontraram vestígios de mãos masculinas em um dos antebraços, como se a vítima tivesse sido agarrada por outra pessoa.

Marine Kukhal foi detida e uma investigação sobre assassinato foi aberta para a morte do rapper, cujo nome em registro era Alexander Yushko. Também estão sendo realizados testes para estabelecer a causa da morte.