Mulher leva soco de segurança em show de Thiaguinho: “Apanhei de um homem”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um caso de agressão aconteceu durante um show de Thiaguinho, em Salvador, na Bahia, no último domingo (dia 4), envolvendo duas fãs do cantor. Num relato feito no Instagram, umas das vítimas chamada Maiane Nascimento, explicou que a confusão aconteceu durante o show do músico no evento “Tardezinha Surreal”.

Segundo a vítima, o vocalista fez uma boa apresentação porém, um problema com a segurança ao fim do evento acabou comprometendo o show. Após a apresentação de Thiaguinho, os seguranças fizeram uma espécie de corrente humana para direcionar as pessoas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os funcionários da empresa Brigada Segurança, contratada por Thiaguinho, teriam começado de maneira truculenta, a empurrar todos que passavam pela barreira. Neste momento, uma prima de Maiane decidiu reclamar, aconselhando os profissionais a não serem agressivos.

VEJA TAMBÉM: Ximbinha explica chute em celular de fã durante show: “Em defesa da equipe”

Porém, um dos seguranças ficou completamente irritado com o que a fã do cantor disse e teria dado um soco no rosto da mulher, que conversava com outro empregado. O tio e o primo da mulher ficaram indignados com a agressão e decidiram atacar o segurança. Nisso, outros seguranças optaram por agredi-los e lhe imobilizaram.

Maiane Nascimento, a fã do cantor, gravava toda a agressão com o seu celular, até que um segurança decidiu retirar o aparelho de sua mão e ainda lhe deu um soco no rosto, até ela perder a consciência. 

Sim, eu apanhei de um homem em uma festa e tive meu celular furtado”, lamentou Maiane, que exibiu imagens dos ferimentos na boca e no rosto. “Minha ferramenta de trabalho, onde tinha meus projetos da faculdade, inclusive tinha a iniciação do meu TCC. Eu perdi tudo, por que meu celular não estar na minha mão e eu acredito que eu não irei mais conseguir recuperar”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio