Museu é criticado por expôr carro onde XXXTentacion foi assassinado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aproveitando, o lançamento do álbum póstumo Bad Vibes Forever, a mansão do rapper XXXTentacion inaugurou uma exposição com alguns objetos pessoais que pertenceram ao rapper norte-americano, que foi assassinado em 2018.

Porém, o evento vem gerando polêmica entre os fãs. Tudo porque, entre eles, o automóvel onde o rapper foi baleado é um dos itens da exposição, decisão considerada pelos fãs como “desrespeitosa” à memória do músico.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O carro em que XXXTentacion foi baleado está sendo exibido em um museu sobre sua vida. Isso me parece errado e moralmente ambíguo. Eu me pergunto sobre como os familiares se sentem com isso“, comentou outro.

https://twitter.com/devvJosiah/status/1202796638424616961?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1202796638424616961&ref_url=https%3A%2F%2Fentretenimento.uol.com.br%2Fnoticias%2Fredacao%2F2019%2F12%2F09%2Fmuseu-e-criticado-por-expor-carro-em-que-xxxtentacion-foi-baleado-e-morreu.htm

O músico norte-americano, de 20 anos, foi baleado e morto enquanto comprava uma motocicleta na cidade de Deerfield Beach, na Flórida. Segundo informações dum comunicado oficial da polícia divulgado depois da confirmação da morte, XXXTentacion estava deixando a concessionária quando foi abordado por dois homens armados. Um dos suspeitos atirou diversas vezes, acertando o músico, que foi levado para o hospital, mas não resistiu aos tiros.

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Ouça “Bad Vibes Forever”, o novo álbum póstumo do rapper lançado neste mês:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio