zayn
O cantor britânico Zayn (FOTO: Reprodução)

Apesar de não estar tanto mais nos holofotes, já que seu último álbum foi lançado em 2018, o nome de Zayn Malik continua envolvido em polêmicas.

A música “Zayn did 9/11” dizia que o cantor – que na época tinha oito anos, foi o responsável pelos ataques do 11 de setembro nos Estados Unidos.

LEIA TAMBÉM: Elvis Presley “ressurge” usando máscara em plena pandemia

A música, que usava o sample de ‘Come And Get It” da Selena Gomez, chama o cantor de Zayn Hussein – em referencia à Saddam Hussein; e renomeia o grupo One Direction para “Al Qaedirection”, em referencia à al-Qaeda.

O Spotify retirou a música da plataforma graças a pressão feita pelos fãs do cantor, que a denunciam desde seu lançamento em 2017.

Para o site NME, o serviço disse: “Vamos remover conteúdos que violem esse padrão. Não estamos falando de conteúdo ofensivo, explícito ou vulgar – estamos falando de discurso de ódio”.

O que foi o 11 de setembro?

Os ataques 11 de setembro foram feitos pela organização fundamentalista islâmica al-Qaeda em 2001. Foram sequestrados quatro aviões com passageiros dentro, na intenção de colidir eles contra as Torres Gêmeas. Ao todo, 2.977 pessoas morreram na operação.