biel
O cantor Biel (FOTO: Reprodução)

Na condição de ex-integrante do “Pânico”, Amanda Ramalho comentou sobre sua saída do programa, nesta quinta-feira (dia 25). Os comentários vêm à tona dois dias depois da radialista discutir ao vivo com o cantor Biel e com a produtora da atração Paulinha Krausche.

“Não volto não pelo Biel nem nada, não volto porque já não faz mais nenhum sentido para mim trabalhar lá. Eu já havia decidido isso [a saída] antes, para o ano que vem. Isso só fez antecipar minha decisão. Agora, acho que está bom de declaração. Amo quem me ama. Suporto quem me odeia. Calar-me-ei #paznosestadios”, escreveu Amanda em sua conta oficial no Twitter.

VEJA TAMBÉM: Mano Brown é vaiado em comício de Fernando Haddad após criticar o PT

A ex-integrante anunciou sua demissão no microblog após a discussão ao vivo no programa. A radialista também se manifestou sobre uma entrevista que a produtora Paulinha deu ao UOL condenando sua atitude e citando um suposto quadro de depressão de Amanda.

Peço publicamente que a produtora do Pânico não dê entrevistas falando que eu tenho ou não depressão. Isso é um assunto meu. E vocês viram que Emilio não me demitiu porque o desrespeitei, como estavam afirmando”.

Segundo informações de Daniel Castro, do “Notícias da TV”, Amanda Ramalho teve seu pedido de demissão negado por Emílio Surita. O apresentador autorizou a radialista a ficar de licença do programa o tempo que julgar necessário para que possa continuar com o tratamento contra depressão e seguir contratada da rádio.

O posicionamento radical de Amanda Ramalho, tem relação com todos os casos de polícia e polêmicas com as quais Biel se envolveu antes de passar um tempo no exterior. O músico foi acusado em questões delicadas como um acidente de carro seguido de omissão de socorro, um caso de assédio sexual e outro de agressão física.

Sem poder contar com o apoio massivo de sites, rádios e programas de TV, atualmente o cantor divulga o seu atual single intitulado “Trust You”. Esta é sua primeira música de trabalho cantada em inglês e marca sua entrada no gênero hip-hop.

“Ele mentiu”, afirma Amanda Ramalho sobre discussão com Biel

Após o anúncio de que não fará mais parte do “Pânico” da rádio Jovem Pan, a locutora Amanda Ramalho retornou ao Twitter nesta quarta-feira (dia 24) para comentar a polêmica envolvendo Biel. Numa nova mensagem publicada a radialista negou que anteriormente tenha chegado a desejar a morte do cantor.

A antiga declaração teria sido o estopim para o desentendimento entre ela, Biel, a produtora do programa e Emílio Surita ao vivo. “Prometo não falar disso mais: mas o cantor Biel mentiu dizendo que eu queria que ele morresse. Então, Revista Istoé pode mudar sua manchete. É só olhar o vídeo que ele fala, que eu digo apenas: SUMIU. Daniel Kastro também podia melhorar sua apuração e escolher fontes melhores. Fim do caso”, publicou a radialista.

Numa entrevista ao UOL, a produtora do programa Paula Krausche, que também discutiu ao vivo com Amanda no ar, comentou o episódio. “Se eu fosse Biel, também teria ido embora e não teria voltado. Não trago ninguém aqui para a gente ficar tacando pedra.Pelo contrário, acredito que ele ou qualquer outro artista tem o direito de tentar reconstruir sua carreira”, declarou, “quando a gente convida alguém, a gente recebe como recebe na nossa casa, então acho que independente do convidado, é respeito acima de tudo. Em todos os lugares que passei, sempre respeitei meus chefes e se eu não estou feliz, eu saio. Lamento profundamente, super respeito o momento da menina, a gente sabe que depressão não é fácil, mas acho que a gente tem que ter um comportamento profissional. Ela tem essa postura há muito tempo. No vídeo, ela me chama de louca. Fiquei quieta, fui fazer a fina, mas chega uma hora que peraí, né?”.

Com toda a polêmica, Amanda se retratou através de mensagem postada em sua conta no Twitter:


Algumas horas depois do incidente, Amanda respondeu seus seguidores e informou que havia pedido demissão do ‘Pânico’ na ‘Jovem Pan’, agradecendo a amigos que teria conquistado: