Naya Rivera
Naya Rivera. (Foto: Reprodução)

A missão de busca e recuperação da estrela de Glee, Naya Rivera entrou em seu quarto dia, neste sábado. Em meio a temores de que a atriz tenha se afogado no lago Piru depois de ter sido “arrastada por um redemoinho”.

A mulher de 33 anos continua desaparecida e presume-se morta, dois dias depois de ter desaparecido em uma viagem de barco com o filho de quatro anos, Josey, que foi encontrado sozinho em seu barco alugado com seu colete salva-vidas a bordo.

A busca agora está sendo tratada como uma operação de recuperação usando equipamento de sonar, já que as autoridades acreditam que Rivera provavelmente se afogou no lago onde pelo menos oito pessoas morreram desde 1994. Entre elas, Denise Arredondo, de nove anos, que foi sugada abaixo da superfície por um redemoinho.

A prima da garota Andrea Arredondo, 26 anos, disse ao The Sun que é possível que a atriz também tenha sido arrastada.

Fiquei muito surpresa com essa informação, porque nem sabia que ocorreram redemoinhos nos lagos“, disse ela. “Eu realmente espero que não seja por isso que Naya não tenha sumido, mas poderia ser uma das possibilidades.”

Arredondo disse que Denise e sua família estavam nadando no lago em 16 de maio de 2009, e entraram em uma área rasa antes de ser subitamente arrastada para baixo da água.

Seu pai, que estava segurando seus irmãos mais novos por perto, tentou desesperadamente puxá-la para fora segurando o cabelo, mas não conseguiu salvar a filha, disse ela.

Quando as equipes de resgate finalmente puxaram Denise do lago, Arredondo disse que seu corpo era “extremamente irreconhecível” e era algo que uma jovem “nunca deveria ter que testemunhar”.

O Departamento do Xerife de Ventura confirmou que os redemoinhos são possíveis no Lago Piru, e são mais comuns quando as barragens estão abertas, de acordo com o The Sun.

Arredondo emitiu um aviso severo aos visitantes, aconselhando-os a serem “extremamente cautelosos” ao visitar o lago.

Eu definitivamente acho que se eles tivessem colocado sinais de alerta desde os primeiros afogamentos nos anos 90, todo mundo poderia ter sido salvo“, disse ela.

A natação é permitida em áreas designadas do lago, no entanto, a política afirma que é considerada uma ‘atividade recreativa perigosa’, pois há poucos salva-vidas e a água varia de cinco a 40 pés de profundidade.

A área ao redor do lago tem pelo menos uma placa com a indicação ‘Proibido nadar ou vadear. Perigo – existem perigos!‘, No entanto, os locais lançaram uma petição exigindo a instalação de sinalização adicional.

LEIA TAMBÉM: Segundo a polícia, corpo de Naya Rivera pode ‘nunca ser encontrado’

O filho de Rivera disse às autoridades que ele e sua mãe foram nadar, mas disse que ela não conseguiu sair da água. Não está claro como o garoto conseguiu voltar para o barco por conta própria e em que área ela desapareceu.

As operações de busca foram prejudicadas pela baixa visibilidade na água, que os socorristas dizem ser obscura e cheia de plantas e detritos. A polícia disse que é possível que o corpo de Rivera ‘nunca volte a aparecer‘.