nego do borel
O funkeiro Nego do Borel (FOTO: Reprodução)

Neste final de semana foi criada mais uma polêmica envolvendo o nome de Nego do Borel. Segundo a coluna de Fábia de Oliveira, desta vez, o funkeiro causou um burburinho na ‘Festa do Produtor Rural’, onde se apresentaria ao lado de Tiee, em Engenheiro Paulo de Frontin, no interior do Rio de Janeiro.

Segundo fontes da colunista, Nego teria se recusado a fazer o show para o qual havia sido contratado na noite de sábado, alegando que estava frio e chovendo para o músico sair de casa.

A ausência do funkeiro só teria sido informada à equipe do evento às 23h, através de um produtor de Nego. A entrada do músico no palco estava prevista para 1h. Mesmo com a justificativa do cantor, o palco do evento era coberto com uma grande estrutura e vale ressaltar que Tiee, que subiria ao palco ao lado do funkeiro, se apresentou normalmente. O cachê cobrado por Nego teria sido R$ 75 mil, pagos antecipadamente.

VEJA TAMBÉM: Luísa Sonza fala sobre masturbação e fama de santa em entrevista

Procurado, Nego do Borel enviou o seguinte comunicado através dos assessores: “A assessoria jurídica de Nego do Borel vem a público informar que o artista esteve impossibilitado de se apresentar no show agendado para o último sábado, em Paulo de Frontin, por falta de condições mínimas exigidas. Sua equipe estava no local e constatou a total impossibilidade de realização da apresentação artística, agravada pelas condições climáticas. Nesta oportunidade, o artista e sua equipe lamentam o transtorno ocorrido e agradecem ao contratante por entender a impossibilidade para a realização deste show. A assessoria de comunicação do artista permanece à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários”. Ainda segundo a assessoria de Nego, o cantor e a produção do evento já estão negociando para a realização do show numa nova data.