elvis presley
O astro norte-americano Elvis Presley (FOTO: Reprodução)

Riley Keough, neta de Elvis Presley, fez uma homenagem para seu irmão Benjamin Keough dois meses após seu trágico suicídio.

“Dois meses sem você. Eu daria qualquer coisa por mais 1 minuto com você, irmão mais novo”, escreveu a atriz nas redes sociais. Benjamin era músico e morreu aos 27 anos após atirar na própria boca com uma arma de fogo.

VEJA TAMBÉM: A tragica historia do irmão gêmeo de Elvis Presley

Riley fez até uma tatuagem em homenagem ao irmão algumas semanas após sua morte, onde escreveu “Benjamin Storm” na clavícula.

Em uma homanagem postada em julho, a neta de Elvis Presley falou sobre a triste perda: “As manhãs são as mais difíceis. Eu esqueci que você se foi. Não posso chorar por causa do medo de nunca parar. Uma dor que é nova para mim”.

“Luz pura. Irmãozinho. Melhor amigo. Homem selvagem. Intelectual. Testemunha da minha vida. Alma gémea. Protetor”, disse ela sobre o irmão. “Muito sensível para este mundo cruel”.

E ainda emocionou: “Espero que você me dê forças para suportar o buraco gigante que deixou em meu coração. Espero que você me dê forças para comer. Eu espero que você esteja embalado no amor. Espero que você sinta meu amor. Espero que você sinta Deus. Você é Deus”.

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.

Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

O assunto é tão complexo que muitas pessoas evitam falar a respeito, o que nem sempre é a melhor decisão. Um problema dessa magnitude não pode ser negligenciado, pois sabe-se que o suicídio pode ser prevenido. Uma comunicação correta, responsável e ética é uma ferramenta importante para evitar o efeito contágio.

Centro de Valorização da Vida

Uma das entidades que ajuda pessoas com pensamentos tristes e depressivos é o Centro de Valorização da Vida, o CVV. A organização existe há anos graças ao trabalho voluntário de centenas de pessoas. O atendimento é gratuito e pode ser feito por telefone e internet. O telefone que tem cobertura para todo Brasil é 188.