Nicki Minaj homenageia rapper que foi assassinado aos 20 anos de idade

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pop Smoke, um rapper estadunidense em ascensão, foi baleado e morto na manhã desta quarta-feira (dia 19) no que parece ter sido um assalto após uma invasão à sua residência.

O site TMZ aponta que o rapper estava em uma casa em Hollywood Hills por volta das 4h30 da manhã, quando dois homens vestindo capuzes e máscaras invadiram a casa de acordo com fontes policiais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Letra de nova música da Anitta causa ao abordar uso de drogas sintéticas

Informantes explicam que os dois homens dispararam vários tiros, atingindo e ferindo gravemente Pop Smoke.

A rapper Nicki Minaj, fez uma homenagem ao colega, publicando uma mensagem enigmática em seu Instagram: “A Bíblia nos diz que o ciúme é tão cruel quanto a sepultura. Inacreditável. Descanse em paz, Pop”.

Após o suposto caso de latrocínio, os bandidos foram vistos fugindo a pé. Pop Smoke foi levado às pressas de ambulância ao Centro Médico Cedars-Sinai, em West Hollywood, onde acabou sendo declarado morto. Os suspeitos não foram capturados e, segundo o TMZ também não foram identificados.

Não está claro, também, se o Pop Smoke conhecia os atiradores. Um homem chegou a ser algemado, mas os policiais determinaram que ele não estava envolvido e foi libertado. Pop Smoke lançou um álbum em julho e uma das músicas “Welcome to the Party” explodiu nos Estados Unidos sendo considerada por muitos a música do verão. Nicki Minaj fez um remix da música alguns meses depois.

Pop Smoke também fez uma música, “Gatti”, com Travis Scott. O músico falecido tinha apenas 20 anos de idade.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio