Nicki Minaj
A rapper norte-americano Nicki Minaj (FOTO: Divulgação)

Nesta quarta-feira (dia 22), a rapper Nicki Minaj anunciou o adiamento de sua turnê na América do Norte. A notícia veio no mesmo momento onde o site PageSix noticiou que a procura de ingressos para os shows da cantora em Baltimore e New Orleans foi razoavelmente baixa.

Porém alguns sites acabaram noticiando o fato do adiamento da turnê usando o termo “cancelamento”, o que acabou incomodando a artista. De acordo com a rapper, as datas foram só trocadas, então não houve cancelamento.

O desabafo da rapper ocorreu quando ela rebateu uma notícia da Billboard que trazia a seguinte manchete: “Nicki Minaj detalha cancelamento da turnê NICKIHNDRXX TOUR na América do Norte: ‘Não tenho tempo para ensaiar’”. A cantora postou uma longa resposta afirmando o seguinte:

VEJA TAMBÉM: Pink interrompe show para abraçar jovem garota cuja mãe faleceu

“Eu não cancelei nada. Eu inverti a ordem das apresentações dos EUA e europeias da minha turnê. Isto é, por razões óbvias para qualquer pessoa com um cérebro. Meu álbum foi originalmente lançado em junho, o que me deu três meses de ensaio. No entanto, eu ainda estava escrevendo e gravando até a semana passada. Estamos todos crescidos, certo? Todos nós podemos fazer matemática, certo? Ou será que eles fingem não ter um senso básico para poderem embarcar no trem dos haters da Nicki Minaj?”, explicou.

Ela acrescenta: “Fãs, me digam o nome desse escritor, em seguida, procure-o e diga que esta é uma mulher negra que eles não vão intimidar em com táticas fraudulentar” escreveu.“Os fãs europeus recebem as mesmas datas exatas que sempre tiveram. Fãs australianos também. Cancelou o que? Onde? A narrativa que eles estão tentando criar é repugnante. Mas devo dizer que estou gostando disso. Eu amo trazer alguma emoção para essa m***a. Eu adoro ter a coragem que outras pessoas só sonham”, afirmou.