queen band
O cantor Freddie Mercury e os integrantes da banda Queen (FOTO: Reprodução)

Há exatos 50 anos, no dia 18 de julho de 1970, o Queen fazia seu primeiro show, que foi realizado no grêmio do “Imperial College“.

Esse show foi muito especial porque eu estava no comitê de entretenimento e costumávamos reservar todos os tipos de atos“, disse Brian May. “Marcamos Jimi Hendrix e foi apenas alguns anos depois que, de repente, estávamos tocando naquela sala. Estava lotada e eu não podia acreditar, tinha sido um sonho. Foi uma das primeiras vezes em que eu estava tocando para pessoas que realmente conheciam nosso material“.

A imagem pode conter: texto
(FOT0: Facebook Queen Online Brasil)

Tivemos tantas experiências neste palco – nem todas elas muito boas“, acrescentou Taylor. “Mas eu lembro de ter visto grandes bandas, como o Mott The Hoople, o T. Rex, o Procol Harum, então aquele palco era parte da história da música, na verdade.”O grêmio do Imperial era muito popular para quem queria conhecer novos grupos na época; Brian May estudou na universidade e até usou o quadro de avisos para recrutar o baterista Roger Taylor.

Eu me lembro como se fosse ontem, encontrando Roger em uma pequena sala ao lado“, disse May de sua primeira Jam com Taylor. “Roger sentou-se e começou a bater nas bordas de sua bateria. Eu disse: ‘O que você está fazendo?’ E Roger disse: “Estou afinando minha bateria!” As pessoas com as quais eu tinha tocado naquele momento tinham basicamente apenas acertado as coisas, mas Roger era um artesão. Assim que ele começou a tocar, algo incrível aconteceu. Soa brega, mas realmente aconteceu instantaneamente porque nós nos conectamos.” Após um período sob o nome de Smile, Taylor e May juntaram forças com Freddie Mercury, então conhecido como Farrokh Bulsara.

VEJA TAMBÉM: Valesca Popozuda fala sobre assédio no Carnaval

Freddie costumava vir e ver Roger e eu tocarmos aqui e, basicamente, criticar [a nós]”, revelou May. “Ele dizia: ‘Isso é muito bom, mas você deveria fazer isso. Você deveria ser mais teatral. Você deveria dar tudo o que puder’“.
Embora agora a banda e os fãs pensem que este primeiro show seja um momento divisor de águas para Queen, na época parece que os nervos não eram um problema.

Acho que estávamos apenas nessa idade em que muitas vezes você está cheio de confiança – provavelmente fora de lugar”, continuou Taylor. “Nós acreditamos no que estávamos fazendo.

A imagem pode conter: texto
(FOTO: Instagram)

Brian: “Nós éramos jovens e estávamos cheios de ideias e pensávamos que éramos melhores do que qualquer outra pessoa, precocemente. Acabamos de sair para conquistar o mundo e foi tolo e ridículo, mas de alguma forma funcionou.”
Convidamos pessoas do mercado de gravadoras esperando que elas nos dessem um contrato de gravação“, disse o guitarrista. “Nós tocávamos e fazíamos nossa própria pipoca e suco de laranja e vendíamos. Aqueles foram os primeiros shows com Freddie, então há toda uma carga de história.”

Seu segundo show foi feito para cerca de cinquenta pessoas, durante o qual a banda anunciou para a pequena multidão que Tim Staffell havia deixado a banda e que Freddie Mercury (que agora não é mais chamado de Freddie Bulsara) é o novo vocalista.
O cartaz informando o show foi feito por Roger Taylor e o cardápio para os convidados foi mesmo suco de laranja e pipoca.
Em 5 de março de 2013, Brian May e Roger Taylor inauguraram uma placa do PRS Heritage Award no local do primeiro grande show do Queen em Londres no Imperial College.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre
(FOT0: Facebook Queen Online Brasil)