lady gaga
A cantora norte-americana Lady Gaga (FOTO; Reprodução)

Além do excelente desempenho no mercado britânico, o último álbum de Lady Gaga, Chromatica, teve uma estreia estelar, dando para a estrela pop o seu sexto álbum número 1 na Billboard 200. O Chromatica teve uma semana de abertura maior do que qualquer outro álbum de 2020 por uma mulher, ganhando 274.000 unidades de álbuns equivalentes na semana que terminou em 4 de junho, de acordo com a Nielsen Music / MRC Data. Aproximadamente 205.000 das vendas vieram de álbuns, 65.000 de unidades SEA (streaming equivalent album) e pouco mais de 4.000 de unidades TEA (track equivalent album).

O álbum foi lançado em 29 de maio e incluiu os principais singles “Stupid Love”, que quando estreou alcançou o 5º lugar na Billboard Hot 100 – e “Rain on Me”, com Ariana Grande, que estreou no primeiro lugar. Chromatica seria inicialmente lançado em 10 de abril, mas foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus.

VEJA TAMBÉM: Novo disco de Lady Gaga alcança grande marca no Reino Unido

Os álbuns número 1 anteriores de Gaga incluem a trilha sonora de A Star Is Born, Joanne, Cheek to Cheek, Artpop e Born This Way. As informações foram confirmadas pelo site Complex.

Com o Chromatica, Gaga se tornou uma das oito mulheres da música mundial que tiveram pelo menos seis álbuns número 1 na parada estadunidense, juntando-se à Beyoncé, Mariah Carey, Britney Spears e Taylor Swift, todas com seis cada. Barbara Streisand ainda se consagra como a campeã da lista, com 11 álbuns número 1; Madonna tem nove e Janet Jackson, sete.

A única outra mulher a ter um álbum número 1 em 2020 foi Selena Gomez por seu terceiro álbum de estúdio, Rare, que inicialmente liderava as paradas em 25 de janeiro. Completando o top 10, estavam My Turn de Lil Baby, que terminou em terceiro lugar, Wunna de Gunna em 4 e High Life of Future em 5.