Nubank cancela entrevista com Anitta após ataques de bolsonaristas

Publicado em 25/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Nubank gerou alvoroço nas redes sociais ao anunciar Anitta como nova integrante do Conselho de Administração da empresa, na última segunda-feira (21). Para divulgar a colaboração, o banco planejava uma rodada de entrevistas à imprensa, mas o evento foi cancelado. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Não foi dada uma explicação para o cancelamento. No entanto, no dia em que a parceria foi anunciada, a cantora virou alvo de ataques de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Indignados com a parceria, muitos afirmaram que fechariam suas contas e cancelariam seus cartões no banco.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA MAIS: RICA! Luísa Sonza revela que novo clipe custou R$ 1 milhão

Na terça-feira (22), a polêmica cresceu ainda mais. Os apoiadores do presidente levantaram a hashtag “Cubank”, fazendo referência à resposta da cantora aos ataques que vem sofrendo.

Para quem não se lembra, tudo começou após a artista pedir a saída do presidente Bolsonaro quase simultaneamente ao seu anúncio como nova conselheira do Nubank: “500 mil mortes… é sobre FORA BOLSONARO sim! A favor da democracia, da economia, da saúde, da educação, do senso COLETIVO”, escreveu ela.

Após receber mensagens de ódio de internautas, ela rebateu: “Lá vem os bolsonarers (sim, o presidente tem um fã clube) me “atacarem” com um grandissíssimo insulto mandando eu retocar a tatuagem do meu c*…”

Agora, apoiadores do presidente enxergaram o cancelamento como uma “vitória” de sua campanha contra Anitta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio