Freddie Mercury
O cantor zanzibense Farrokh Bulsara mais conhecido como Freddie Mercury (FOTO: Reprodução)

O perfil Freddie Mercury Online, que é uma das maiores páginas de fãs do lendário astro no Instagram, revelou uma história desconhecida de Mercury, sobre como ele previu que morreria precocemente. Antes de um show em Madri, em 1986, os membros do Queen começaram a brigar nos bastidores e, a certa altura, Freddie gritou que ele não podia mais fazer isso porque todo o seu corpo estava cheio de dor.

Como Brian May explicou, os membros da banda não levaram isso a sério e pensaram que isto apenas era o bom e velho Freddie Mercury resmungão que vive reclamando dos shows pós-turnê. Porém, Freddie estava falando sério desta vez, e o astro zanzibense sentiu que havia algo errado com seu corpo pela primeira vez. Além disso, este foi o primeiro sinal de que a doença começaria a dominar Freddie e seu corpo cinco anos antes do músico falecer. Aqui está o que o administrador da página escreveu:

VEJA TAMBÉM: Katy Perry diz que filha mostrou dedo do meio em ultrassom: “Essa é a minha garota”

Freddie em Madri, Espanha, antes de um show em 3 de agosto de 1986. Houve uma briga nos bastidores antes do show e praticamente tudo no camarim foi destruído. Em algum momento da briga, Freddie insistiu que essa seria sua última turnê. Em 2011, Brian lembrou de Freddie dizendo algo como: ‘Oh, eu não posso mais fazer isso. Meu corpo inteiro está cheio de dor! Normalmente ele dizia coisas assim no final de uma turnê, então acho que não levamos a sério. Mas ele foi verdadeiro desta vez. ‘” Um fã chamado Kristin disse: “Ele sabia que algo não estava certo com seu corpo, mas não sabia o que ainda. Ele era o mestre dos showmans. Quem tem esse tipo de energia? ele estava exausto. Eu gostaria que pudéssemos voltar no tempo para os anos 70 para avisá-lo. A música seria muito melhor hoje em dia se ele estivesse aqui por mais tempo para influenciá-la. ”Outro fã chamado Meredith adicionou este comentário: “Tenho certeza que a luta teve mais a ver com eles, dando o melhor que podiam. Eles se amavam e ainda amam. ” Você pode conferir o post abaixo.

View this post on Instagram

Freddie in Madrid,Spain before a show on August 3th, 1986♥ ??.⠀ -⠀ ? After the success show of the night from August 1st in Barcelona, the band went to the spanish capital, Madrid.⠀ ⠀ ℹ There was a fight backstage before the show and virtually everything in the dressing room was destroyed. At some point during the altercation, Freddie insisted that this would be his last tour. In 2011 Brian recalled Freddie saying something like: "Oh, I can't fucking do this anymore. My whole body is wracked with pain!". "He normally said things like that at the end of a tour, so I don't think we took it seriously." Brian added. But he was for real this time.⠀ ⠀ ?? Before Who Wants To Live Forever, Freddie sings the intro to Mustapha for the last time. Perhaps he skipped out on the usual "Queen's not gonna break up" speech because of the fight before the show. ⠀ ⠀ ?Things seem to loosen up by the acoustic set, as Roger has a good time during Hello Mary Lou. He and John then jam a bit before Tutti Frutti, to which Freddie responds, "Hope you like diddling, John," which Brian finds amusing. Freddie then starts singing the song, and John jokingly doesn't play for the first two bars in light of Freddie's comment. After John starts playing again, Freddie proclaims, "Oh, his hat's in!" However, after the show the band resumed their quarrelling, with many more things being broken backstage.⠀ ⠀ #freddiemercury

A post shared by Freddie Mercury (@freddiemercuryonline) on