madonna
A cantora norte-americana Madonna (FOTO: Reprodução)

O guitarrista do Black Sabbath, Tony Iommi, recordou um show da banda em 1985, no festival Live Aid, e revelou um episódio constrangedor com Madonna. O festival reuniu mais de 60 artistas em dois shows simultâneos, nos Estados Unidos e na Inglaterra, para arrecadar verbas destinadas ao combate à fome na Etiópia, e foi marcado como o Dia Mundial do Rock, comemorado em 13 de julho. 

A apresentação reuniu a formação clássica do Black Sabbath pela primeira vez em sete anos e a banda teve somente um ensaio de uma hora na véspera do evento. “Na realidade, foi um desastre, para ser honesto. Eles tinham um quarto reservado para ensaiarmos. Começamos a ensaiar e depois conversamos sobre os velhos tempos; então falamos na maior parte do ensaio”, relembrou Tony Iommi em entrevista à SiriusXM. “Então vi essas duas garotas entrarem no fundo da sala”. 

Tony Iommi. (Foto: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Valesca Popozuda fala sobre assédio no Carnaval

Tony não reconheceu Madonna entre as mulheres. A rainha do pop performaria no mesmo palco no dia seguinte, mas o guitarrista só ficou sabendo depois. “Eu disse a um membro da nossa equipe: ‘Olha, tem gente entrando, é melhor dizer para saírem, isso é um ensaio particular’”, revelou.  “De qualquer forma, ele disse isso e, no final das contas, era a Madonna. Então é um pouco constrangedor”.