michael jackson
O cantor norte-americano Michael Jackson (FOTO: Reprodução_

Em idos de janeiro de 2013, o canal do youtube “Traumatismo Ucraniano” criou um vídeo prestando uma “homenagem” ao apresentador André Marques. Na letra, a frase “André Marques que fez o Mocotó”, ao som de um dos marcos da carreira solo de Michael Jackson. “Que bom André Marques que fez o Mocotó” rapidamente virou sensação na internet naquela época pré-streaming.

Neste que foi um dos primeiros memes da websfera brasileira, o artista global surge estrelando uma bem-humorada paródia da antológica “Don’t Stop Til You Get Enough” (1979) de Michael Jackson. O clipe feito através duma compilação de vídeos traz um tributo à trajetória e carreira do apresentador global.

VEJA TAMBÉM: Maiara volta a apagar fotos com Fernando e ele desaba na web: “Vontade de fazer nada”

O vídeo aborda sua fase como ator de “Malhação”, a profissão de DJ, o cargo de apresentador no “Vídeo Show” e só. A brincadeira foi até aí, pois o autor do clipe quis mostrar que a bagagem do moço, naquela época não era assim tão extensa, mesmo ele tendo ficado 12 anos no comando da atração vespertina que é um dos programas mais longevos e memoráveis da Rede Globo. Agora, sete anos depois, o artista segue muito bem, obrigado e participando do É De Casa além de apresentar o The Voice Kids.

“Don’t Stop ‘Til You Get Enough” foi lançada pela Epic Records em 28 de Julho de 1979, para o quinto álbum de estúdio em carreira solo do cantor estadunidense, Off the Wall. A faixa é considerada o primeiro single solo de Jackson em idade adulta e o primeiro lançado para promover o álbum.

Foi a primeira música de Michael Jackson em que ele assumiu maior controle criativo, compondo-a e co-produzindo-a. Apesar de parecer, Michael disse que a canção não fala sobre sexo. “Don’t Stop ‘Til You Get Enough” foi a primeira música de Jackson a atingir o número um em sete anos (desde “Ben”, lançada em 1972, ainda pela Motown), e seu primeiro #1 em fase adulta. A canção também rendeu a Jackson seu primeiro Grammy (na categoria de “Melhor Performance Vocal Masculina de R&B”) e American Music Awards (como “Melhor Single de Soul/R&B”) de sua carreira.