O dia em que o macaco de Michael Jackson foi expulso do estúdio por “jogar cocô”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O chimpanzé de estimação de Michael Jackson, Bubbles, tinha péssimas maneiras de usar o banheiro, afirmou o cantor de Toto, Steve Lukather.

De acordo com o músico, o macaco foi banido do Westlake Studios em West Hollywood – onde MJ estava trabalhando seu álbum Thriller, em 1982 – porque ele lançou suas próprias fezes nas paredes e destruiu a área enquanto Michael estava gravando Beat It .

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Steve compartilhou a história bizarra durante uma entrevista com a Ultimate Guitar, ele detalhou os maus hábitos do animal e refletiu sobre o falecido Michael Jackson – que morreu em 2009 – como uma pessoa “legal”.

Ele disse: “Ele parou de trazer [Bubbles] porque rasgou a cabine vocal e jogou merda contra a parede.”

(FOTO: Reprodução)

VEJA TAMBÉM: Simone, dupla de Simaria, revela detalhes sobre prisão: “Muito torturante”

Aquele macaco rasgou aquela cabine de merda em pedaços. Eles o baniram do estúdio. Mas Michael era legal, cara, ele era um profissional. Ele cantava bem demais.”

Nos anos 80, Bubbles era sem dúvida o chimpanzé mais famoso do planeta, pois era o “melhor amigo” do líder das paradas.

Bubbles nasceu em 1983 em um laboratório médico no Texas e foi vendido para Jackson quando ele tinha oito meses.

O superstar costumava ser visto acariciando o bebê chimpanzé, que ele vestia com roupas que combinavam com as suas e o fazia dormir de pijama em um berço ao lado de sua cama.

O pequeno macaco podia até fazer o Moonwalk e costumava fazer a multidão enlouquecer quando tapava os ouvidos sempre que as palavras “heavy metal” eram mencionadas.

(FOTO: Reprodução)

Quando Jackson teve seus filhos, Bubbles foi considerado perigoso demais para estar perto de crianças pequenas e sua vida sob os holofotes acabou, o músico até admitiu ao entrevistador de TV Martin Bashir em 2003 que o chimpanzé havia sido banido de sua vida por ser “muito agressivo”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio