O dia em que um cantor dos Beatles zombou dos testículos de Elvis Presley

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Beatles conheceram Elvis Presley em 1965. John Lennon e Paul McCartney consideravam Elvis parte da realeza musical, mas também acreditavam que Presley estava “arruinado desde os anos 1950, como lembra a Far Out Magazine

Me lembro de ficar sentado enquanto ele tocava baixo”, contou Lennon à Spin sobre o encontro. “E pensava, ‘É o Elvis! É o Elvis!”. A admiração pelo Rei do Rock não impedia os Beatles de comentar sobre trabalhos bons e ruins nos álbuns de Presley e, para Lennon e McCartney, a qualidade começou a cair após a entrada de Elvis pro exército em 1958.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

VEJA TAMBÉM: Anitta dança de biquíni com Gui Araújo e recebe tapinha no bumbum

McCartney descreveu o encontro como “um dos melhores da vida”, mas não deixou de opinar sobre a queda de Presley. “Sempre pensei que [o tempo nas forças armadas] arruinou Elvis”, contou na biografia autorizada Many Years From Now (1997). “Gostávamos da liberdade de Elvis como caminhoneiro, como um cara de jeans e quadris giratórios, mas não gostávamos dele com o corte de cabelo curto no exército chamando todos de ‘senhor’”.

Depois que ele entrou no exército, acho que eles cortaram ‘as bolas’ fora. Não apenas dividiram o cabelo dele, acho que rasparam entre as pernas dele também”, criticou Lennon em entrevista publicada na Beatles Anthology. “Elvis realmente morreu quando entrou no exército. Foi quando o mataram, e restou um morto-vivo”. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio