Olimpíadas de Tóquio: Medalhistas de skate do Brasil homenageiam Chorão

Publicado em 26/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, o Brasil conseguiu se destacar no skate. Kelvin Hoefler e Rayssa Leal fizeram história ao conquistarem suas medalhas de prata na madrugada de domingo (25 de julho).

Nas redes sociais, os atletas celebraram a vitória e aproveitaram para homenagear Chorão, líder do Charlie Brown Jr. O vocalista, que faleceu em 2013, costumava enaltecer a cultura do skate em suas músicas e discursos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rayssa Leal, a “Fadinha”, de 13 anos, comemorou com trecho de “Dias de Luta, Dias de Glória”.

Já Kelvin Hoefler repostou uma publicação do perfil oficial da banda nos Stories do Instagram ao som de “Tamo Aí Na Atividade”.

(Foto: Reprodução/Instagram @kelvinhoefler)

Filho do Chorão é detonado após dizer que o pai elogiou Rayssa Leal

Nesta segunda-feira (26), Alexandre Ferreira Lima Abrão, filho de Chorão, cometeu uma grande gafe. Após a brasileira Rayssa Leal ganhar medalha de prata na modadalidade skate, ele disse em seu Instagram que o pai “via essa menina andar de skate na internet e falava que ela ia longe”. No entanto, o músico faleceu em 2013 e a jovem começou a andar de skate com 6 anos, em 2014.

Ele acabou se tornando chacota nas redes pela publicação equivocada. Quando sua postagem viralizou, ele se explicou falando que é ruim de “fazer contas” e que não perde oportunidade “para aparecer”. “Não muda o fato de que o fdp em questao [Chorão] ia estar pulando feito um caralho com a conquista de uma garotinha de 13 anos. Já foi, deixem de ser babacas”, escreveu.

(FOTO: Reprodução/Instagram)

Confira a reação dos internautas:

VEJA TAMBÉM: Hit de Pabllo Vittar toca nas Olimpíadas de Tóquio

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio