Olivia Rodrigo fala sobre o impacto da terapia em sua vida

"Mas só porque não é um problema de adulto ou você não tem que pagar impostos ainda ou o que quer que seja, não significa que não dói", disse a cantora

Publicado em 11/10/2021 10:47
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Olivia Rodrigo falou sobre o impacto de “mudança de vida” que a terapia teve sobre ela em uma nova entrevista. A estrela pop adolescente foi questionada sobre suas experiências com terapia durante uma entrevista para a CBS Sunday Morning .

“Eu não tinha realmente começado a ir até os 16 anos e foi um momento realmente grande, de mudança de vida, e aprendi muito sobre mim mesma”, disse ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Questionada se era algo que ela decidiu que precisava fazer por si mesma, ela respondeu: “Sim, era. Acho que às vezes há um estigma em torno disso também. Às vezes as pessoas ficam tipo, ‘Ah, você não precisa disso, você tem tanto. Sua vida está ótima, quais são seus problemas? ‘ Eu acho que isso é definitivamente algo que as pessoas mais velhas podem fazer com as pessoas mais jovens – banalizar o que elas estão passando porque ‘elas estão bem, elas são apenas crianças, elas vão superar isso’.

“Mas só porque não é um problema de adulto ou você não tem que pagar impostos ainda ou o que quer que seja, não significa que não dói.”

Em outra parte da entrevista, Olivia Rodrigo também descartou a percepção dela como alguém que é “uma pessoa muito triste, deprimida”. “Isso não poderia estar mais longe da verdade”, ela explicou. “Definitivamente não. Não estou chorando no chão do meu quarto o tempo todo. Mas é divertido escrever sobre coisas assim. Se eu estivesse apenas escrevendo sobre como estou feliz e conseguir meu café com leite gelado todas as manhãs ninguém iria ouvir, não seria interessante.”

Olivia Rodrigo desabafa sobre a fama: “É como se não pudesse errar”

Olivia Rodrigo abriu o coração e falou sobre o preço da fama precoce. Com apenas 18 anos, a cantora emplacou inúmeros hits e se tornou um verdadeiro fenômeno da música pop.

Não é fácil viver sob os holofotes e Olivia sente como se não pudesse cometer erros por ser uma pessoa pública. “Isso é algo que sempre me deixou confusa enquanto crescia. Quando você está nessa indústria, você é tratada como criança mas esperam que aja como adulta. É um pensamento realmente aterrorizante: é como se não pudesse errar, mas é errando que acho que você cresce como pessoa”, disse ela em entrevista à Teen Vogue.

Não sou diferente de nenhuma outra pessoa de 18 anos por aí. Definitivamente vou cometer erros na vida e provavelmente na carreira também. Isso é a vida”, pontuou a estrela.

Descendente de filipinos, Olivia entende que é símbolo de representatividade. “Eu às vezes recebo DMs de garotinhas falando ‘nunca vi alguém como eu em sua posição’. Eu literalmente começo a chorar. Só de pensar nisso. Eu sinto que cresci sem ver isso. Sempre foi: ‘pop star’ – uma garota branca”.

(Foto: Reprodução)

Na entrevista, Olivia Rodrigo também falou pela primeira vez sobre a polêmica envolvendo Hayley Williams e Josh Farro. A cantora teve que creditar os músicos na composição do hit ‘good 4 u’ por conta de uma interpolação de “Misey Business”, do Paramore. Muitos internautas acusaram a artista de plágio, mas não é o caso.

“Acho decepcionante ver as pessoas tirarem as coisas de contexto e descredibilizarem o trabalho de qualquer mulher jovem. Mas, no fim do dia, tenho orgulho e fico feliz de dizer que meu trabalho é ser uma compositora… Toda música é inspirada em outra. Obviamente, escrevo minhas letras do fundo do meu coração, sobre minha vida primeiro. Eu tive a ideia da letra e da melodia de ‘good 4 u’ em uma manhã, no chuveiro”, destacou.

Ela defendeu que é normal se inspirar em outros trabalhos: “O bonito na música é que ela pode ser inspirada em músicas do passado. Todo artista se inspira em artistas que vieram antes. É divertido, é um processo bonito de compartilhamento. Nada na música é novo. Existem quatro acordes em todas as músicas. Isso é o divertido: tentar fazer o seu próprio”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio