beatles
A legendária banda britânica The Beatles (FOTO: Reprodução)

Estreando seu documentário Narciso em Férias no GloboPlay, Caetano Veloso contou detalhes sobre o tempo que foi preso durante a ditadura militar no Brasil.

O cantor foi preso em 1968 e passou por momentos difíceis nas mãos dos militares. E uma coisa que fez ele se sentir melhor, foi a canção ‘Hey Jude’, dos Beatles.

Ele contou: “Eu fiquei muito supersticioso e eu voltei a acreditar na vida que eu tinha lá fora. Alguns soldados tinham rádio de pilha e, às vezes, eu ouvia a música que estava tocando”.

“Quando tocava [Hey Jude], era sinal de que ia melhorar minha situação. Os portões iam se abrir, a luz ia ser vista de novo”, disse.

VEJA TAMBÉM: Após polêmica sexual de Bolsonaro com criança, Anitta dispara: “Que vexame”

A canção dos Beatles foi composta por Paul McCartney como uma mensagem de esperança para o filho de John Lennon durante o divórcio dos pais. A letra diz: “Ei, Jude, não fique mal. Pegue uma canção triste e torne-a melhor. Lembre-se de deixá-la entrar em seu coração, então você pode começar a melhorar as coisas”.

E continua: “Não tenha medo. Você foi feito para ir lá e conquistá-la. O minuto que você deixá-la entrar sob sua pele você pode começar a melhorar as coisas”.

FOTO: Reprodução

Caetano Veloso descreveu o que sentia ao ouvir a canção: “Aquele final, com aquele coral repetido, os acordes maiores.. eu tomava aquilo como sendo um anúncio de coisas boas. Me dava a impressão de anúncio de libertação”.