Ozzy Osbourne
O músico britânico Ozzy Osbourne (FOTO: Reprodução)

Ozzy Osbourne afirmou ter sentido como se estivesse morrendo após sofrer uma queda em sua casa em Los Angeles no ano passado. Numa delicada entrevista emocionante para o programa ‘Good Morning Britain’, o roqueiro do Black Sabbath, 71 anos, e sua esposa Sharon, 67 anos, comentaram sobre como o músico estava lidando com a ‘dor indescritível’ e seu diagnóstico de Parkinson.

“Quando caí no chão, lembro-me de ter pensado: ‘Você conseguiu agora, Ozzy’. Eu disse a Sharon: ‘Você pode ligar para uma ambulância? Acho que quebrei meu pescoço’. Ela levantou da cama como um flash – correndo e gritando pela casa”, disse.

Sharon Osbourne também comentou o acidente: “Vi acontecer em câmera lenta. Ele caiu e não estendeu os braços para amortecer a queda. Ele estremeceu e ficou deitado ali, branco como um lençol, sua pressão sanguínea estava no telhado. Eu fiquei tipo ‘Ele vai, eu sei que ele vai, eu vou perdê-lo'”.

O casal britânico também explicou detalhes sobre o diagnóstico de Parkinson de Ozzy, e o roqueiro revelou que ele sabe da doença desde 2003. Sharon afirmou: “Chama-se Parkin 2. É um gene com o qual Ozzy nasceu e, é claro, Ozzy não consegue pegar nada normalmente, é muito raro e seu tratamento não é como a doença de Parkinson regular, que todos conhecemos. Ele nasceu [com isso], mas estava adormecido”.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima bebe demais e revela que passa horas “chupando periquita” da esposa

O Príncipe das Trevas segue fazendo um tratamento precursor na Suíça, o qual a família espera que melhore seu sistema imunológico. “Se Ozzy pegasse um resfriado, ela se tornaria pneumonia. Esse professor criou uma maneira de fazer células-tronco que ajudam com a dor. Ele pode se livrar da dor de Ozzy e Ozzy ficará mais saudável para lidar com a doença de Parkinson”, completou a ex-jurada do ‘X Factor’.

Piers Morgan questionou a Ozzy se ele acredita ser um milagre ainda estar vivo e Ozzy disse: “Nove em cada dez pessoas com quem eu bebia ou ficava chapado foram embora. Eu não sei. Não estou dizendo que tenho o toque mágico. Sempre disse que provavelmente algum cocô de pássaro raro cairia em mim, pegaria um vírus e desapareceria. Desejo voltar ao palco … é para isso que vivo”.

Ozzy explicou também que tem se exercitado mais para ajudar no tratamento, porém acredita que o melhor remédio que possa ter é “estar na frente de uma plateia, o que está partindo meu coração, para ser honesto”.

No início de janeiro, Ozzy Osbourne lançou um cinematográfico clipe para sua música “Straight to Hell”, o segundo single de seu novo álbum. No intenso vídeo, o astro do rock aparece em meio a um protesto anarquista.