sharon
A apresentadora Sharon Osbourne ao lado do marido Ozzy (FOTO: Reprodução)

Ozzy Osbourne está refletindo sobre um de seus maiores arrependimentos na vida: trair sua esposa Sharon Osbourne.

O casal se casou em 1982 e teve três filhos juntos, mas a dupla se separou brevemente em 2016 após a notícia da infidelidade do astro do rock. Em uma nova entrevista para a revista Men of the Year da British GQ, Ozzy, que fará 72 anos na próxima semana, diz que “partiu seu coração” e que “não está orgulhoso” de ter tido um caso.

Já fiz coisas muito ultrajantes na vida. Lamento ter traído minha esposa. Não faço mais isso“, disse ele. “Eu fiz minha verificação de realidade e tenho sorte que ela não me deixou. Não estou orgulhoso disso. Eu estava chateado comigo mesmo. Mas eu parti o coração dela.”

LEIA TAMBÉM: Compositor critica arrogância de Gusttavo Lima após ficar milionário com hit do cantor

Os Osbournes  reconciliaram seu casamento de três décadas em setembro de 2016 depois de se separarem em maio, em meio a relatos de que ele teve um caso  com sua cabeleireira, Michelle Pugh. Ele explicou à Rolling Stone na época que “percebeu que idiota eu fui. Quero dizer, ainda estou louco, mas tenho um pouco mais de controle sobre isso”.

Quando eu disse: ‘Não seja pego pela sua patroa’, não me orgulho de tudo isso. Eu aborreci minha esposa e aborreci minha família e causei muito choque e vergonha. Eu amo minha esposa, e isso me fez perceber o quão idiota eu fui”, disse Ozzy Osbourne.