Pabllo Vittar chora ao receber prêmio internacional: “Brasil não é fácil”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pabllo Vittar recebeu um prêmio na edição 2019 da premiação “Gay Times Honours 500”, da revista GAY TIMES, que aconteceu na noite desta quinta-feira, 21 de novembro, em Londres, na Inglaterra. A premiação marcou o reconhecimento de pessoas e organizações que tiveram grande impacto para a comunidade LGBTQ+ em todo o mundo nas áreas de entretenimento e ativismo social. Além disso, neste ano, o evento também comemorou a 500ª edição da revista, que é a primeira magazine LGBTQ+ da Europa.

Pabllo Vittar, que foi capa da revista em abril, sendo um dos maiores fenômenos de venda da história da publicação, foi surpreendida ao receber o prêmio “Drag Hero Award” – das mãos de Nicole Scherzinger (The Pussycat Dolls) -, em celebração a importância de seu trabalho e representatividade para a comunidade LGBTQ+ em todo o mundo. Além disso, a cantora encantou os presentes com seus looks e com uma performance especial com duração de 20 minutos, que incluíram os hits (“Flash Pose”, “Parabéns”, “Amor de Que” e “Ponte Perra”) da primeira parte de seu novo EP, “111”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

(FOTO: Ernna Cost)

“Eu fiquei muito feliz e honrada com essa premiação. Foi uma surpresa maravilhosa. Nunca pensei em ser uma referência LGBTQ+, mas hoje sei da importância em dar visibilidade a toda comunidade. Sonho com o dia em que teremos um mundo com mais oportunidades para todos, independente das diferenças”, comenta Pabllo que também falou: “No Brasil não é fácil, mas eu continuo andando”.

VEJA TAMBÉM: MC Gui é acusado de maltratar outra criança com câncer

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio