Pabllo Vittar
A cantora maranhense Pabllo Vittar (FOTO: Reprodução)

Numa campanha em que um dos principais elementos de compartilhamento de informações eram as chamadas “Fake News”, nem Pabllo Vittar saiu ileso. Brincando com o assunto onde aparece lendo um vídeo onde comenta maiores mentiras sobre ela espalhadas nas redes sociais na última eleição. Nos últimos meses, vale ressaltar, muitos internautas e até um deputado do PSL cobraram a saída da cantora maranhense do país.

VEJA TAMBÉM: Cher afirma que Bolsonaro é um porco e que deveria ser preso

Numa entrevista ao UOL, no início do mês, Pabllo Vittar comentou uma imagem que circulou nas redes sociais que trazia a afirmação de que ela deixaria o Brasil caso Bolsonaro ganhe a eleição. “Primeiramente eu não gosto nem de pensar na possibilidade de um candidato como esse ganhar, segundamente eu jamais iria deixar meu país” afirmou a cantora deixando claro portanto, que tal informação se trata de fake news.

“Para de ficar indo na minha rede social falar pra eu arrumar as minhas malas, meu amor. Porque eu não vou embora do meu país. eu nasci aqui e vou morrer aqui” chegou a declarar a cantora em um vídeo postado no Facebook.

Relembre o vídeo:

Após Bolsonaro vencer, Pabllo Vittar é ameaçada por eleitores do novo presidente

A cantora maranhense Pabllo Vittar foi fortemente atacada por eleitores do presidente eleito Jair Bolsonaro, que invadiram o perfil da artista no Instagram com comentários pejorativos e em tom de ameaça. Após o resultado da eleição, a drag queen postou uma foto do arco-íris, símbolo do movimento LGBT, com a frase “eu resisto”. Não demorou muito, no entanto, e a famosa passou a ser vítima de ataques online.

VEJA TAMBÉM: Pepita lança parceria com Bonde das Maravilhas; Ouça “Rebolo e Sento”

De acordo com informações do site “Catraca Livre“, dezenas de internautas, crentes na fake news de que Pabllo Vittar deixaria o país caso Bolsonaro vencesse a disputa, passaram a cobrar que ela cumprisse a “promessa”. Muitos dos comentários, no entanto, incorreram em homofobia, com ameaças à vida da artista e “aconselhamentos” de que ela cometa “suicídio enquanto dá tempo”.

pabllo vittar
(IMAGEM: Reprodução Instagram)