destiny
O grupo norte-americano Destiny Childs (FOTO: Reprodução)

No início do mês de agosto, o jornal britânico The Sun publicou uma nota indicando que o Destiny’s Child poderia voltar a se reunir em breve. O grupo formado por Beyoncé, Kelly Rownland e Michelle Williams teve uma carreira entre os anos de 1997 e 2006 e a ideia do grande retorno teria partido da própria Beyoncé.

Beyoncé está desesperada para juntar as garotas de volta com ela no estúdio e ela não consegue pensar em um momento melhor que 2020, quando elas marcam décadas como um dos maiores grupos de garotas do mundo”, afirmou a fonte do The Sun.

Mathew Knowles, que é pai de Beyoncé e foi empresário do trio, comentou o assunto se mostrando bastante entusiasmado com a ideia. “Eu certamente espero que aconteça. Seria maravilhoso, não seria?”, afirmou numa entrevista ao jornal Metro UK.

VEJA TAMBÉM: Katy Perry é acusada de expôr pênis de modelo em denúncia de assédio sexual

Mesmo com sua animação, o empresário tentou dar uma visão realista sobre o assunto explicando que um encontro desses não aconteceria de maneira tão rápida. “A maioria das pessoas não sabe como a turnê funciona e como a indústria funciona”, continuou ele. “Leva anos para montar uma turnê, reunir a banda, juntar os dançarinos, decidir quais os locais de tamanho que você vai ter, começar os ensaios e provavelmente seria uma turnê mundial… Seriam dois para três anos, mesmo que a resposta fosse positiva hoje”, afirmou.

No próximo ano, um musical sobre a trajetória do grupo vem sendo planejado para ser exibido na Broadway.