Pai de Britney Spears teria a chamado de ‘gorda vadia’

Publicado em 9/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao longo de sua tutela, Britney Spears sofreu diversos xingamentos vindo de seu pai, e quem revelou isso foi uma ex-amiga da família, Jacqueline Butcher, que em 2008 serviu como uma das testemunhas na Justiça norte-americana para estabelecer a tutoria. Na época, Jacqueline foi a favor da tutela, contudo, se arrepende.

Em entrevista ao The New Yorker, Butcher afirmou que “pensava que estava ajudando” Britney sendo a favor da tutela, completando: “Eu não estava, ajudei uma família corrupta a tomar todo esse controle”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Butcher revelou que apenas dois meses depois de a estrela ter passado por um episódio de instabilidade, em 2008, ela gravou uma participação especial na série “How I Met Your Mother”, em meio ao que seus tutores consideravam um “retorno” aos holofotes. Mas segundo a amiga, Britney continuava passando por problemas e poucos dias após sair da reabilitação já estava sendo pressionada pelo pai.

“Britney estava de joelhos e tinha uma TV ligada por perto. Jamie disse: ‘Amor’. E eu pensei que ele iria dizer: ‘Nós te amamos, mas você precisa de ajuda’. Mas o que ele disse foi: ‘Você está gorda. Papai vai conseguir para você um personal trainer e uma dieta e você vai voltar à boa forma”, disse a amiga.

“O Jamie apontou para a TV e disse: ‘Você vê aquela TV? Você sabe o que ela irá dizer em oito semanas? Você estará nela e eles vão dizer: ‘Ela está de volta. Ele chegava bem perto do rosto dela, com saliva voando, dizendo a ela que ela era uma vadia e uma péssima mãe”, afirmou a fonte, complementando que Britney só era autorizada a ver os filhos, Sean e Jayden, se “cooperasse”. “Lynne (Spears, mãe de Britney) estava, tipo, ‘Obedeça seu pai e eles vão te liberar’”, completou.

VEJA TAMBÉM: Traição, assistente de palco e ex-BBB: a vida de Gusttavo Lima antes de casado

Mãe de Britney Spears fala sobre tutela: “É muita dor, muita preocupação”

A mãe de Britney Spears, Lynne, falou sobre a polêmica tutela de sua filha. Durante uma entrevista com Ronan Farrow e Jia Tolentino para um artigo na The New Yorker, Lynne expressou sua preocupação com as decisões médicas e financeiras da estrela pop que estão sendo controladas pela tutela desde 2008.

Enquanto ela “falava em um sussurro” e dizia que talvez tivesse que “desligar rapidamente” se alguém aparecesse em sua conversa por telefone com os repórteres, Lynne conseguiu dizer: “Tenho sentimentos confusos sobre tudo”.

“Não sei o que pensar. É muita dor, muita preocupação”, explicou ela, antes de acrescentar: “Sou boa em desviar”.

A tutela exigida pelo tribunal – posta em prática após as duas hospitalizações de Britney – voltou a ser examinada após o chocante testemunho da cantora pop no tribunal na semana passada.

Durante a declaração de 20 minutos, a hitmaker “Toxic” afirmou que a tutela, supervisionada por seu pai Jamie Spears durante a maior parte dos últimos 13 anos, era “abusiva” e “estúpida”.

No domingo, a irmã de Britney Spears, Jamie Lynne, explicou por que ela não havia se manifestado anteriormente contra a tutela.

“A única razão de eu não ter feito isso antes é porque eu senti que até minha irmã ser capaz de falar por si mesma e dizer o que ela sentiu que precisava dizer publicamente, que não era da minha conta ou não era a coisa certa fazer “, disse ela em uma história no Instagram: “Agora que ela falou claramente e disse o que precisava, sinto que posso segui-la e dizer o que sinto que devo dizer.”

“Essa situação não me afeta de nenhuma maneira, porque sou apenas sua irmã, que só está preocupada com sua felicidade”, acrescentou. “Se acabar com a tutela e voar para Marte ou o que mais ela quiser para ser feliz, eu apoio isso 100% porque apoio minha irmã; eu amo minha irmã. Sempre amei, sempre amarei.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio