Pai de Duda Reis é acusado de homofobia por fã de Nego do Borel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A briga envolvendo Nego do Borel e o sogro, Luiz Fernando Barreiros, parece que não terá um fim tão cedo. Agora chegou a vez do pai de Duda Reis discutir na internet com fãs do cantor.

Luiz Fernando acusa Nego de agredir sua filha Duda e Nego se defende dizendo ser vítima de racismo pelo sogro. Nesta segunda-feira (6), a jornalista Fábia Oliveira, do O Dia, publicou o relato de um fã que se diz vítima de homofobia do pai de Duda Reis.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tentando defender Nego de diversas acusações, o fã mandou uma mensagem privada ao pai de Duda o chamando de racista. Para sua surpresa, o médico respondeu e de uma forma bem agressiva. “Dá seu rabo, arrombado pra ele, seu filho da pu**, viado enrustido. Quero ver você falar isso na minha frente pra eu poder quebrar a sua cara de merda. Vai chupar um p@u, porque é isso que você gosta, seu merda”, disse o sogro de Nego, que em seguida foi confrontando pelo fã.

Em conversa com Fábia, o fã explicou a situação e se diz chocado com a reação homofóbica de Luiz Fernando. “Não sou homossexual, mas tenho amigos bem próximos que são e luto muito por essa causa. Confesso que fiquei espantado com a resposta que eu tive em relação a homofobia, fora as ameaças de agressão e processo que sofri.”

VEJA TAMBÉM: Vídeos sensuais de Anitta são publicados em site pornô

Procurado pela coluna do O Dia, o pai de Duda Reis se pronunciou sobre a acusação: “Entrou no meu Insta me chamando de racista e me pegou em um momento muito ruim. Respondi de forma que não costumo responder. Está tudo orientado para que eu possa tomar as medidas necessárias contra esse cidadão. É inadmissível alguém invadir seu telefone particular para te chamar de racista e outras coisas mais que irei usar em momento adequado. Imediatamente ele bloqueou meu acesso no Insta. Uma pessoa desprezível como tantas outras que não tem limite”, disse Luiz Fernando.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio